Projeto "Ondas de Calor"

O município apresentou uma candidatura ao Programa Operacional da Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR) – Eixo “Promover a adaptação às alterações climáticas e a prevenção e gestão de riscos”, tendo obtido a aprovação de cofinanciamento do FEDER/FC para a sua execução.

Este projeto visa aprofundar o conhecimento dos efeitos das alterações climáticas projetadas para o município de Lisboa até ao final do século, no que se refere ao cenário de aumento da temperatura média anual, em especial das temperaturas máximas, através da produção de cartografia temática relativa a Ondas de Calor (OC) e Ilhas de Calor Urbano (ICU), bem como, a conceção de ferramentas de suporte ao planeamento e à estratégia municipal de adaptação e mitigação da cidade.

Mais informação:

Através desta candidatura foram produzidos para o município de Lisboa um conjunto de intrumentos:

O Lote 1 da Cartografia encontra-se concluído e homologado pela Direção Geral do Território. Os Lotes 2, 3 e 4 estão concluídos e em fase de homologação pela Direção Geral do Território.

O Modelo Tridimensional encontra-se concluído. Consulte o relatório de cada uma das fases:

O estudo é constituído por cinco fases, todas concluídas. Tem como objetivo a avaliação do regime das ondas de calor na Área Metropolitana de Lisboa e da Ilha de Calor Urbana, no clima atual e futuro.

Foram identificadas as propriedades da Onda de Calor (frequência, duração, intensidade e número de dias) e ainda caracterizadas as Ilhas de Calor Urbana com recurso a simulações numéricas com o modelo WRF (Weather Research and Forecasting) com parametrização da canópia urbana forçado por modelos climáticos

O Estudo é constituído por três fases, encontrando-se em conclusão a 3ª fase. Tem por objetivo aprofundar o conhecimento da situação atual em termos de comportamento térmico da cidade, através da produção de cartografia temática, que permita conhecer os efeitos, nomeadamente as Ondas de Calor (OC) e a Ilha de Calor Urbano (ICU), e também a conceção de ferramentas de gestão para o planeamento e adaptação da cidade.

Identificação das Ilhas de Calor Urbano, Atual – Relatório (Fase1)

Identificação das Ilhas de Calor Urbano, Futuro – Relatório (Fase 1 Adenda)

Nota: Para o cenário do clima futuro mais gravoso (RCP8.5), os Mapas do Padrão de Temperatura são apresentados de duas formas: uma com a base de estudo – grelha 100x100, e outra com isolinhas, por ter uma maior expressão gráfica. As diferenças entre os dois mapas decorrem da interpolação necessária para a construção das isolinhas a partir da grelha.

Simulação Microclimática - Relatório (Fase 2)

Cenarização e Mapeamento de Medidas de Mitigação das ICU - Relatório (Fase 3)

Climatopos (Unidades de Resposta Climática Homogénea - URCH)

Avaliação climática

O Estudo é constituído por três fases, todas concluídas. Tem por objetivo a avaliação da Ilha de Calor Urbano ao nível da meso e microescala em função da variação de fatores antropogénicos com implicações no balanço energético da Cidade. Este exercício de cenarização, baseado na modelação física (cidade atual e futura) permitiu simulações para a adoção de estratégias para a redução do desconforto térmico associado ao efeito Ilha de Calor Urbano, nomeadamente a modificação das superfícies na cidade.


Perguntas frequentes


Webinar “Ondas de Calor em Lisboa”

Concluídos os estudos desenvolvidos no âmbito da Operação POSEUR-02-1708-FC-000060 - “Cartografia de Vulnerabilidade Térmica: Mapeamento dos efeitos das ondas de calor em Lisboa, face às projeções climáticas”, foi organizado o Webinar para apresentação das conclusões do Projeto. A sessão de abertura teve a participação do Sr. Vereador José Sá Fernandes e a sessão de encerramento do Sr. Vereador Ricardo Veludo.

O evento decorreu na Plataforma Teams a 23 de setembro de 2020. Assista aqui ao evento.

Programa


Seminário “Ondas de Calor em Lisboa"

Primeiro seminário de divulgação da Operação POSEUR-02-1708-FC-000060 – “Cartografia de Vulnerabilidade Térmica – Mapeamento dos efeitos das ondas de calor em Lisboa, face às projeções climáticas”, para apresentação dos resultados da primeira fase do projeto. A sessão de abertura, teve a participação de Duarte Mata, adjunto do vereador do Ambiente, Estrutura Verde, Clima e Energia, José Sá Fernandes.
 
Teve lugar na Sala do Arquivo dos Paços do Concelho, dia 6 de novembro de 2019.

Promover a adaptação às alterações climáticas e a prevenção e gestão de riscos: Helena Pinheiro de Azevedo - presidente da Comissão Diretiva | POSEUR

Projeto Onda de Calor em Lisboa no contexto da Estratégia Lisboa/Europa 2020 - um bom exemplo a replicar: Pedro Grilo - Coordenador da Equipa de Missão Lisboa/Europa 2020 | CML

Da EMAAC ao Projeto Ondas de Calor: Ana Cristina Lourenço - Diretora do Departamento de Ambiente, Energia e Alterações Climáticas | CML

Planear a adaptação da cidade às Alterações Climáticas: Paulo Prazeres Pais - Diretor do Departamento de Planeamento Urbano | CML