Concluídas

Quinta de Santa Clara

Abrange a Rua Vitorino Nemésio, a Alameda António Sérgio e o lado norte da Rua Jorge de Sena


Dados gerais

Freguesia: Santa Clara

Bairro: Ameixoeira

Início Fase 1: 15 de março de 2017

Fim Fase 1: agosto de 2017

Início Fase 2: Julho de 2020

Fim da Fase 2: Abril de 2021

Área: 21.965m2

Empreiteiro: Luís Frazão/ XIX – Diversos Locais

Planta síntese

Mais informação

ForçasFraquezas
 
  • reabilitação recente do Jardim de Santa Clara
  • proximidade da estação de metropolitano (Ameixoeira)
  • equipamentos de ensino superior
  • frentes comerciais
  • junto a rede ciclável estruturante da cidade
 
 
  • interface de transportes
  • localização das entradas/saídas do parque de estacionamento subterrâneo
  • fraca utilização do espaço central
  • excesso de canais rodoviários
  • intervenção de espaço público recente
 
OportunidadesAmeaças
 
  • possibilidade de instalação da nova sede da Junta de Freguesia e da nova esquadra de Santa Clara no local
  • estação de Bike Sharing proposta perto da estação de metropolitano
  • intervenção no âmbito do Programa Pavimentar Lisboa na Azinhaga da Cidade
 
 
  • redução do número de lugares de estacionamento à superfície
 

 

Espaço público

potenciar a apropriação do espaço público, procurando tirar partido das atividades económicas existentes, através da melhoria das condições de circulação pedonal e da organização e melhoria da imagem do espaço público, nomeadamente através de:

  • promover a apropriação e circulação pedonal inclusiva
  • articular a implantação das espécies arbóreas e arbustivas com os demais elementos do espaço público
  • promover a unificação do espaço através da substituição e harmonização de pavimentos;
  • criar bolsas de estacionamento automóvel legíveis e organizadas;
  • regularizar os canais de circulação viária.

Economia e Inovação

  • propor a alteração do nome da estação de metropolitano de “Ameixoeira” para “Santa Clara”, reforçando a identidade do local;
  • programa de apoio à eliminação das barreiras arquitetónicas existentes nos edifícios privados com atravessamentos públicos, melhorando a articulação do espaço públicos confinantes.
  • criar uma nova alameda pedonal - a Alameda de Santa Clara - ladeada por árvores, permitindo o atravessamento do quarteirão de norte a sul, ligando a Rua Vitorino Nemésio e a Rua Jorge de Sena;
  • definir uma praceta central e plana - a Praceta de Santa Clara - na ligação entre a nova alameda pedonal de Santa Clara, o Jardim de Santa Clara e a Alameda António Sérgio;
  • criar percursos transversais ao longo da ruas Vitorino Nemésio, Jorge de Sena e a Praceta de Santa Clara, em ligação com a nova alameda pedonal de Santa Clara;
  • requalificar a entrada no Jardim de Santa Clara, a partir da Alameda e da Praceta de Santa Clara;
  • promover a Alameda António Sérgio como espaço de lazer e de circulação;
  • eliminar as barreiras arquitectónicas e obstáculos aos percursos naturais, promovendo uma circulação pedonal inclusiva;
  • regrar o estacionamento e a circulação viária, compatibilizando-os com a acessibilidade e o usufruto do espaço;
  • alargar a área para peões, junto à galeria de Santa Clara, favorecendo a atividade comercial, nomeadamente a instalação de esplanadas, e a vivência do espaço público;
  • revitalizar a estrutura arbórea com a plantação de espécies caducas, não alergénicas, essencialmente, com variações sazonais evidentes:
    • plantação de bordos na Alameda de Santa Clara
    • cerejeiras-brava para a Alameda António Sérgio
    • amoreiras na Praceta de Santa Clara
    • lódãos-bastardos na rua Vitorino Nemésio
    • alfarrobeiras a assinalar as entradas a sul e a norte na Alameda António Sérgio
  • renovar o sistema de canteiros, de arbustos e herbáceas, com espécies autóctones, promovendo a clareza do espaço e a sua manutenção;
  • introduzir dois novos ecopontos subterrâneos, um na Rua Jorge de Sena e outro na Rua Vitorino Nemésio.
  • sessão pública realizada nas instalações da Junta de Freguesia de Santa Clara (10 de novembro de 2016) para apresentação do projeto;
  • sessão pública realizada nas instalações da Junta de Freguesia de Santa Clara (16 de fevereiro de 2017), após análise das observações e sugestões apresentadas na 1.ª sessão;
  • sessão de esclarecimento realizada nas instalações da Junta de Freguesia de Santa Clara (24 de julho de 2017) já no decurso da obra, com o objetivo de informar sobre a realização desta empreitada e acolher a participação da população;
  • sessão pública (30 de novembro de 2017) para apresentação da 2.ª fase da intervenção e recolha de sugestões.