Ruído

A avaliação e gestão do ruído ambiente em Lisboa é competência da Câmara Municipal, de acordo com o Decreto-Lei 146/2006. 

No início de 2021, começou a ser instalada em Lisboa uma rede de 658 Sensores Meteorológicos em diversos locais que estarão prontos a funcionar até ao final de março.

Os dados, até agora só conhecidos em estudos pontuais, estarão disponíveis em tempo real através das plataformas de dados abertos da CML. O projeto representa um investimento de cerca de 350 mil euros, parcialmente financiados pelo projeto de inovação H2020 "Sharing Cities".

Prevê-se que estes dados permitam ainda a atualização do mapa estratégico de ruído da cidade e promover novas dinâmicas de controlo da poluição atmosférica.

O presente mapeamento irá complementar a monitorização efetuada pela rede oficial de estações fixas da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo (CCDR_LVT) e das estações meteorológicas do IPMA, existentes em Lisboa.

O Plano de Ação de Ruído de Lisboa, foi aprovado em Assembleia Municipal, pela Proposta n.º 261/CM/2015, de 21 de julho de 2015.

Consulte o Sumário executivo do Plano de Ação de Ruído de Lisboa

Consulte o Plano de Ação de Ruído de Lisboa

Consulte o Relatório de Ponderação da Consulta Pública

O Mapa de Ruído é uma representação gráfica da distribuição espacial dos níveis de ruído ambiente exterior.

São utilizados dois indicadores: o Ln, que representa o ruido médio durante o período noturno (das 23h00 às 7h00), e o Lden, que representa uma média ponderada das 24 horas do dia.

Ruído Global - Indicador de Ruído Dia, Entardecer e Noite (LDEN)

Ruído Global - Indicador de Ruído Noturno (LN)

A campanha integra uma proposta vencedora do Orçamento Participativo de Lisboa, apresentada pela associação de moradores “Aqui Mora Gente”, que previa ainda a criação de uma plataforma para o registo das queixas de ruído, já acessível através da aplicação Na Minha Rua.

Dirigida, sobretudo, aos clientes dos bares, restaurantes e alojamentos locais dos bairros históricos com maior oferta de diversão noturna (Bairro Alto, Bica e Cais do Sodré), a campanha apela ao respeito pela lei do ruído, e pelo direito dos moradores ao descanso.

Saiba mais