Plano Geral de Drenagem

Aprovado em 2015, propõe a construção de novas infra-estruturas dimensionadas para dar resposta a eventos de precipitação

A eficácia deste plano está a ser potenciada com solução de base natural, atualmente em curso, no quadro de adaptação às alterações climáticas, dando resposta a eventos de precipitação mais intensa e ao aumento do nível do mar.

As soluções de base natural, ao permitirem uma melhor gestão do ciclo da água, além de aumentar a infiltração das águas, contribuem para a regulação do conforto bioclimático (temperatura e humidade relativa) atenuando os efeitos das ondas de calor.

Entre as iniciativas em curso, destaca-se o projeto para a gestão da drenagem, infiltração in situ no Parque Urbano da Quinta da Granja e no Campo Grande, a naturalização do escoamento no Parque Eduardo VII, a bacia de retenção integrada no Parque do Alto da Ajuda e a requalificação da linha de água e das bacias de retenção do Parque do Vale da Ameixoeira.