Relações Internacionais

A geminação e a ligação entre Lisboa e outras cidades, cimentam relações de amizade, intercâmbio e solidariedade, contribuindo para fomentar a confiança mútua, a amizade e compreensão a um nível pessoal e cívico, de celebrar e reforçar os fortes laços históricos e culturais que unem as cidades, e de reconhecer um interesse mútuo no comércio, indústria e educação.

  • Madrid (Espanha) - 31 de maio de 1979
  • Rio de Janeiro (Brasil) -10 de junho de 1980
  • Maputo (Moçambique) - 20 de março de 1982
  • Macau (China) - 24 de julho de 1982
  • Capitais Iberoamericanas - 12 de outubro de 1982
  • Praia (Cabo Verde) - 26 de maio de 1983
  • Malaca (Malásia) - 19 de janeiro de 1984
  • Bissau (Guiné) - 28 de junho de 1985
  • São Tomé (São Tomé e Príncipe) - 28 de junho de 1985
  • Capitais de países de expressão portuguesa - 28 de junho de 1985
  • Luanda (Angola) - 11 de outubro de 1988
  • Rabat (Marrocos) - 22 de março de 1988
  • Cachéu (Guiné) - 14 de novembro de 1988
  • Budapeste (Hungria) - 28 de setembro de 1992
  • Guimarães (Portugal) - 29 de junho 1993
  • Salvador (Brasil) - 3 de abril 1995
     
  • Zagrebe (Croácia) - 15 de julho de 1977
  • Maputo - 20 de março de 1982
  • Praia (Cabo Verde) - 26 de maio de 1983
  • Bissau (Guiné-Bissau) - 31 de maio de 1983
  • Maputo - 10 de novembro de 1983
  • Miami (EUA) - outubro de 1987
  • Toronto (Canadá) - 8 de abril de 1987
  • Rabat (Marrocos) - 22 de março de 1988
  • Pangim (Índia) - 13 de outubro de 1989
  • Buenos Aires (Argentina) - 20 de outubro de 1992
  • Montevideo (Uruguai) - 11 de janeiro de 1993
  • Tunes (Tunísia) - 3 de setembro de 1993
  • Belém (Palestina) - 2 de novembro de 1995
  • Moscovo (Rússia) - 17 de fevereiro de 1997

Proposta de suspensão da eficácia do protocolo aprovada na reunião pública da Câmara em 27 de abril de 2022
Proposta de cessação do protocolo aprovada na reunião pública da Câmara em 26 de julho de 2023

  • Santa Catarina (Cabo Verde) - 27 de março de 1997
  • Paris (França) - 3 de abril de 1998
  • Argel (Argélia) - 26 de setembro de 1988
  • Kyev (Ucrânia) - 26 de outubro de 2000
  • Sofia (Bulgária) - 15 de março de 2001
  • Curitiba (Brasil) - 28 de novembro de 2005
  • Rio de Janeiro (Brasil) - 22 de fevereiro de 2006
  • Qingdao (China) - 17 de junho de 2010
  • Pequim (China) - 22 de outubro de 2007
  • Haimen (China) - 1 de novembro de 2011
  • Assunção (Paraguai) - 28 de abril de 2014
  • Maputo (Moçambique) - 28 de outubro de 2022
  • Cabo Verde - 3 de novembro de 2022
  • São Paulo (Brasil) - 4 de novembro de 2022
  • Madrid (Espanha)- 26 de janeiro de 2023
  • Maputo (Moçambique) - 26 de maio de 2023

A Câmara Municipal de Lisboa é membro, ou tem contactos permanentes com as seguintes entidades:

Lisboa foi admitida como membro da Rede das Cidades Interculturais e participante no Programa Cidades Interculturais em 2012. O objetivo do programa é apoiar as cidades no desenvolvimento de estratégias interculturais para a gestão da diversidade e para a integração dos imigrantes e das minorias.

Na sua qualidade de participante, a cidade analisará, com a participação de peritos internacionais, funcionários, cidadãos e representantes de outras cidades, as suas políticas e governação, numa perspetiva intercultural, aprendendo com práticas bem-sucedidas de outras cidades. Identificará um conjunto de objetivos, indicadores e um plano de ação que constituirão a sua estratégia intercultural.

Conheça o compromisso político

Criada em 2017, reúne 15 cidades, vinculadas à vida e obra de Miguel de Cervantes (Alcalá de Henares, 29 de setembro de 1547 – Madrid, 22 de abril de 1616) na Europa, África e América: Alcalá de Henares, Argamasilla de Alba, Argel, Azul, Barcelona, Ciudad Real, Córdoba, El Toboso, Esquivias, Lisboa, Madrid, Montevideo, Sevilla, Toledo e Valladolid.

A adesão da câmara a esta rede justifica-se, desde logo, pela sua presença em Lisboa, entre 1581 e 1583, no reinado de Felipe II de Espanha, quando existia uma união dinástica entre as monarquias de Portugal e Espanha.

Os representantes de cada cidade, comprometem-se a trabalhar em conjunto na difusão da obra e da vida de Miguel de Cervantes, nomeadamente através do intercâmbio de atividades e experiências.