detalhe

Cultura 

Feira do Livro de Buenos Aires - Lisboa é convidada de honra em 2024

Lisboa é a cidade convidada da 48.ª edição da Feira do Livro de Buenos Aires. Às cidades de Montevideo (2018), Barcelona (2019), La Habana (2019) e Santiago del Chile (2022), segue-se Lisboa, em 2024.

Diogo Moura - © https://www.facebook.com/feriadellibro/

A Feira do Livro de Buenos Aires é a 5.ª maior feira do livro do mundo e a 3.ª maior da América Latina, recebendo a cada ano mais de 1 200 000 visitantes. Esta feira tem como particularidade homenagear cidades, ao invés de países.

Organizada pela Fundação El Libro - que dirigiu o convite à cidade de Lisboa -, a Feira do Livro de Buenos Aires assenta nos objetivos centrais da Fundação: a criação dos hábitos de leitura e o estimular do setor editorial e livreiro, local e internacionalmente, assim como o desenvolvimento da atividade cultural.

O vereador da Cultura da Câmara Municipal de Lisboa, Diogo Moura, esteve na apresentação, na Biblioteca Nacional de Buenos Aires, e anunciou o lema da presença de Lisboa: inspiração. Lisboa, sublinhou, "é conhecida por estar ligada à literatura. Há muitos autores que nasceram lá, que viveram ou escolheram viver lá, e que descrevem a geografia e as experiências na cidade de Lisboa. Chamamos-lhe a cidade da inspiração porque lá - dizemos - apetece escrever, traduzir, editar e ler”.

A Feira do Livro de Buenos Aires é a 5.ª maior feira do livro do mundo e a 3.ª maior da América Latina, recebendo a cada ano mais de 1 200 000 visitantes. Esta feira tem como particularidade homenagear cidades, ao invés de países.

Organizada pela Fundação El Libro - que dirigiu o convite à cidade de Lisboa -, a Feira do Livro de Buenos Aires assenta nos objetivos centrais da Fundação: a criação dos hábitos de leitura e o estimular do setor editorial e livreiro, local e internacionalmente, assim como o desenvolvimento da atividade cultural.

O vereador da Cultura da Câmara Municipal de Lisboa, Diogo Moura, esteve na apresentação, na Biblioteca Nacional de Buenos Aires, e anunciou o lema da presença de Lisboa: inspiração. Lisboa, sublinhou, "é conhecida por estar ligada à literatura. Há muitos autores que nasceram lá, que viveram ou escolheram viver lá, e que descrevem a geografia e as experiências na cidade de Lisboa. Chamamos-lhe a cidade da inspiração porque lá - dizemos - apetece escrever, traduzir, editar e ler”.

ler mais
ler menos