COVID-19 Medidas e Informações
CulturaEconomiaInformaçoes e Serviços 

Apresentada a 3ª fase do Programa Lisboa Protege

A Câmara de Lisboa vai alargar o Programa Lisboa Protege com uma tranche adicional para apoio à retoma da atividade de mais 13 milhões de euros


As novas medidas foram apresentadas hoje, 30 de abril, por Fernando Medina, presidente da Câmara Municipal de Lisboa.

Os apoios desta 3.ª fase incluem:

  • o prolongamento das candidaturas até 31 de julho;
  • o pagamento de uma tranche adicional até um máximo de 5 mil euros, a fundo perdido de apoio às empresas;
  • o alargamento do apoio alargamento aos empresários em nome individual com domicílio fiscal fora de Lisboa;
  • realização testes Covid-19 gratuitos para todos os trabalhadores das empresas apoiadas pelo Lisboa protege, até 2 testes/ mês
  • prolongamento das isenções e reduções até ao final de 2021, nomeadamente:
    • isenção às taxas de esplanadas
    • isenção de 50% sobre bancas, lugares e lojas de mercados e feiras
    • redução em 50% das taxas dos quiosques com quebras superiores a 25%
    • redução em 50% do pagamento de rendas a todas as instituições de âmbito social, cultural, desportivo e recreativo
    • redução em 50% do valor das rendas a todos os estabelecimentos comerciais em espaços municipais

Até ao momento o Lisboa Protege já apoiou 4229 empresas com um valor total pago de 24, 2 milhões de euros. As candidaturas a esta 3ª fase abrem brevemente em lisboaprotege.pt

As novas medidas foram apresentadas hoje, 30 de abril, por Fernando Medina, presidente da Câmara Municipal de Lisboa.

Os apoios desta 3.ª fase incluem:

  • o prolongamento das candidaturas até 31 de julho;
  • o pagamento de uma tranche adicional até um máximo de 5 mil euros, a fundo perdido de apoio às empresas;
  • o alargamento do apoio alargamento aos empresários em nome individual com domicílio fiscal fora de Lisboa;
  • realização testes Covid-19 gratuitos para todos os trabalhadores das empresas apoiadas pelo Lisboa protege, até 2 testes/ mês
  • prolongamento das isenções e reduções até ao final de 2021, nomeadamente:
    • isenção às taxas de esplanadas
    • isenção de 50% sobre bancas, lugares e lojas de mercados e feiras
    • redução em 50% das taxas dos quiosques com quebras superiores a 25%
    • redução em 50% do pagamento de rendas a todas as instituições de âmbito social, cultural, desportivo e recreativo
    • redução em 50% do valor das rendas a todos os estabelecimentos comerciais em espaços municipais

Até ao momento o Lisboa Protege já apoiou 4229 empresas com um valor total pago de 24, 2 milhões de euros. As candidaturas a esta 3ª fase abrem brevemente em lisboaprotege.pt

ler mais
ler menos