Para garantir a proteção da saúde pública, e dos trabalhadores envolvidos nas operações de recolha e tratamento de resíduos e, em simultâneo, controlar os fatores de disseminação da doença e contágio por Covid-19, o município de Lisboa tem vindo a implementar um conjunto de medidas de forma a assegurar a regular recolha de resíduos na cidade.

Todas as medidas seguem as orientações das entidades competentes, nomeadamente Agência Portuguesa do Ambiente, Direção Geral da Saúde e Entidade Reguladora dos Serviços da Água e Resíduos.

A Câmara Municipal de Lisboa intensificou a lavagem mecânica de ruas em toda a cidade procurando reforçar a limpeza e desinfeção do espaço público, com particular incidência junto dos terminais rodoviários.

As medidas aplicam-se também às viaturas de remoção e aos ecopontos.

Para as famílias que tenham pessoas infetadas (ou com essa suspeita), os seus resíduos (independentemente do fluxo) devem ser todos colocados em sacos de lixo resistentes e descartáveis, com enchimento até 2/3 (dois terços) da sua capacidade.

As máscaras e luvas também devem ser colocadas sempre no contentor do lixo indiferenciado.