Apoio social durante suspensão das aulas

Na sequência do encerramento das atividades letivas, os filhos - até aos 12 anos - dos funcionários de serviços essenciais das áreas da saúde, higiene urbana, segurança, entre outros, que não podem exercer a sua atividade em regime de teletrabalho, vão poder aceder às seguintes escolas:

  • AE Vergílio Ferreira - EBI S. Vicente de Telheiras
  • AE Gil Vicente - EB Sta. Clara
  • AE Marquesa de Alorna - EB Mestre Arnaldo Louro de Almeida
  • AE Patrício Prazeres - EB Patrício Prazeres
  • AE Prof Lindley Cintra - Escola Secundária Lumiar
  • AE Restelo - Escola Secundária Restelo
  • AE Luis de Camões - EB Leão de Arroios
  • AE Nuno Gonçalves - EB Natália Correia
  • AE Piscinas Olivais - EB Paulino Montez
  • AE Quinta de Marrocos - EB Quinta de Marrocos

Todas as escolas (e Jardins de Infância) estão a dar refeições. Assim, deverá contactar a Professora Coordenadora da escola e informá-la do seu pedido. A refeição será completa (almoço e lanche), em sistema take-away, por motivos de higiene e segurança no contexto atual, e estará disponível na própria escola, entre as 12h e as 13h30.

Para as famílias que precisarem de apoio alimentar extra, a CML está a financiar um programa de apoio, pelo que deverão contactar a sua Junta de Freguesia.

Este programa é gratuito e fornece refeições para as famílias que necessitarem.

A plataforma de ensino à distância +Sucesso Escolar apoia atividades letivas durante encerramento das escolas, e destina-se aos alunos e professores do 1º ciclo do ensino público de Lisboa.

O novo serviço integra recursos educativos e pedagógicos que permitem criar um ambiente inovador, interativo e estimulante. Entre outras coisas, é possível comunicar por videoconferência em ambiente simples e seguro, sem necessidade de recorrer a registos adicionais como em outras plataformas.

Será também possível partilhar trabalhos e realizar atividades individuais ou em família. Os alunos vão poder aprender, estudar, explorar e brincar, através de um conjunto de atividades interativas que desafiam a imaginação, a curiosidade e o saber.

Perguntas frequentes

Mostrar todas as respostas
Esconder todas as respostas
  • As escolas estão encerradas?

    Sim. Desde o dia 8 de fevereiro que as atividades letivas se encontram em regime não presencial.

  • O calendário escolar irá sofrer alterações?

    A interrupção letiva extraordinária entre 22 de janeiro e 5 de fevereiro, devido à pandemia da Covid-19, obrigou a ajustar as datas do ano letivo 2020/2021:

    1. Funcionamento das atividades letivas e pausas

    - Pausa letiva de Carnaval: eliminada. Prossegue a atividade letiva.
    - Pausa letiva da Páscoa: de 29 de março a 1 de abril. 

    Final do 3.º período:
    - Pré-escolar, 1.º ciclo e 2.º ciclo – 8 de julho.
    - 7.º, 8.º e 10.º anos de escolaridade - 23 de junho
    - 9.º, 11.º e 12.º anos - 18 de junho.

    2. Avaliação Externa 

    - Provas de aferição do 2.º, 5.º e 8.º anos: entre 14 e 21 de junho.
    Componente oral da prova de inglês de 5.º ano – entre 27 de maio e 9 de junho. Devido às suas caraterísticas e ao período em que se realizariam, as provas de aferição de 2.º ano de Expressão Artística e de Educação Física foram, desde já, excluídas do calendário.

    - Provas finais de ciclo de 9.º ano:
    1.ª fase: 28 de junho a 2 de julho, com afixação de resultados a 19 de julho.
    2.ª fase: 21 a 23 de julho, com afixação de resultados a 3 de agosto.

    - Exames Finais Nacionais do Ensino Secundário:
    1.ª fase: 2 a 16 de julho, com afixação de resultados a 2 de agosto.
    2.ª fase: 1 a 7 de setembro, com afixação de resultados a 16 de setembro.

    Ver Despacho n.º 1689-A/2021 publicado no Diário da República n.º 30, 1º suplemento, Série II de 12 de fevereiro de 2021.

  • Mesmo sem aulas, os alunos podem continuar a comer na escola?

    Não. Aos alunos do pré-escolar até ao ensino secundário dos escalões A e B da Ação Social Escolar e com Necessidades de Saúde Especiais, a Câmara Municipal de Lisboa garante um kit com refeição completa (almoço e lanche), em sistema take-away. 

    Para aceder a esta refeição deverá contactar a escola do aluno/a de forma a confirmar o local em que estará disponível.

  • Qual o horário para levantamento das refeições?

    As refeições são levantadas na escola do aluno/a ou outra indicada pela Direção, em regime de take-away, entre as 12h e as 13h30. 

  • Há algum local que acolha os filhos de trabalhadores de serviços considerados essenciais enquanto as respetivas escolas estão encerradas?

    Os filhos até 12 anos destes trabalhadores podem frequentar uma das escolas: 

    • AE Vergílio Ferreira - EBI S. Vicente de Telheiras 
    • AE Gil Vicente - EB Sta. Clara 
    • AE Marquesa de Alorna - EB Mestre Arnaldo Louro de Almeida 
    • AE Patrício Prazeres - EB Patrício Prazeres 
    • AE Prof Lindley Cintra - Escola Secundária Lumiar 
    • AE Restelo - Escola Secundária Restelo 
    • AE Luis de Camões - EB Leão de Arroios 
    • AE Nuno Gonçalves - EB Natália Correia 
    • AE Piscinas Olivais - EB Paulino Montez 
    • AE Quinta de Marrocos - EB23 Quinta de Marrocos

    Não é necessário que pertença ao agrupamento onde as crianças estão matriculadas, mas é necessário contactar a escola escolhida com antecedência.

  • Como é feito o trabalho com os alunos que estão em casa?

    Em relação a este assunto deverá sempre contatar a coordenação da escola. Contudo as escolas optam pelo ensino à distância, adaptado à realidade de cada escola e aluno. Podem ser usadas diversas plataformas de comunicação, aprendizagem ou mesmo ensino por videoconferência.

    As escolas devem definir e implementar um plano de ensino a distância, com as metodologias que considerem as mais adequadas, de acordo com as orientações do Ministério da Educação, de acordo com os recursos disponíveis e critérios de avaliação, que têm em conta os contextos em que os alunos se encontram.

    Cabe ao professor titular/diretor de turma a responsabilidade de divulgar o método escolhido e articular a comunicação entre os alunos/as (ou pais, no caso dos mais novos) e os restantes professores.

  • Como funciona a Escola na Televisão - #EstudoEmCasa?

    O Ensino Básico (1.º ao 9.º ano) tem acompanhamento em blocos de cerca de 30 minutos, num total de 75 blocos semanais. Estas transmissões ocupam a grelha do Canal RTP Memória das 09:00h às 16:30h, sendo os blocos da manhã dedicados aos 1.º e 2.º ciclos e os da tarde ao 3.º ciclo.

    O Ensino Secundário estrutura-se em 75 blocos ficando acessíveis na RTP Play e na página eletrónica da Direção-Geral da Educação.

    Os conteúdos diários têm tempo limitado, em blocos de cerca de 30 minutos, cumprindo-se a maior parte das componentes curriculares dos cursos científico-humanísticos (do 10.º ao 12.º ano) e dos cursos profissionais (do 1.º ao 3.º ano).

  • Tenho dúvidas específicas sobre a minha escola. Como posso esclarecê-las?

    Entrando em contacto com a escola e/ou com a respetiva Associação de Pais, por via telefónica ou através de correio eletrónico.

    Procure aqui os contactos disponíveis tendo em conta as restrições em curso, nomeadamente quanto aos horários e funcionamento condicionado.

    Se não houver resposta por parte da escola, pode contactar diretamente a sede do agrupamento. Algumas escolas forneceram aos Encarregados de Educação contactos específicos para este período, e é esse que deve ser utilizado.

  • Como posso contactar a Câmara sobre questões de educação?

    Enviando um email para de@cm-lisboa.pt

     

     

  • Tenho dúvidas sobre os apoios a que tenho direito enquanto trabalhador. Onde posso obter esclarecimentos?

    Pode consultar a página https://covid19estamoson.gov.pt . Aqui encontrará todos os esclarecimentos legais prestados pelo governo.

Ano letivo 2020-2021

Calendário escolar

O calendário de atividades educativas e escolares é publicado anualmente através de despacho governamental.

Ligações úteis

Orientações

Visam salvaguardar a retoma das atividades letivas e não letivas em condições de segurança, garantindo o direito de todos à educação.

#EstudoEmCasa

Parceria do Ministério da Educação e RTP

Ferramenta educativa que tem como objetivo manter a escola próxima de todos.