COVID-19 Medidas e Informações

Programa Secundário para Tod@s

O Programa Municipal de Combate e Prevenção do Insucesso e Abandono Escolar Precoce, designado de Secundário para tod@s define a política de fundo do Município de Lisboa na promoção do sucesso escolar, tendo como prioridade a redução e prevenção do abandono escolar precoce e o estabelecimento de condições de igualdade no acesso à educação.

Este Programa tem como entidade beneficiária e coordenadora da parceria o Município de Lisboa e como parceiros a Fundação Aga Khan, da Agência Ciência Viva e do IPPS-IUL - Instituto para as Políticas Públicas e Sociais.

Em articulação com os agrupamentos e escolas não agrupadas do Concelho, o Programa visa a atuação nos espaços escolares e não escolares, nas salas de aula em domínios curriculares, bem como influenciar e apoiar a inovação das práticas educativas e do trabalho pedagógico dos professores, privilegiando uma intervenção em complementaridade com as medidas e ações já previstas pelas escolas.

Cofinanciamento:
Este programa foi aprovado através da Proposta n.º 545/2019 publicada no Boletim Municipal n.º 1328, de 1 de agosto de 2019 e é cofinanciado no âmbito do Fundo Social Europeu, enquadrado na tipologia Planos Inovadores de Combate ao Insucesso Escolar com um orçamento geral de cerca de 5 milhões de euros.

Prazo de execução:
Setembro 2020 – julho 2023 (anos letivos 2021/2022 e 2022/2023).

O Programa combina uma ação focalizada em escolas com maiores níveis de insucesso e abandono escolar com uma intervenção alargada que visa promover uma educação mais abrangente, criativa e criadora, através de cinco medidas:

Reforço de intervenções integradas de promoção do sucesso educativo e prevenção do abandono escolar precoce, através de equipas multidisciplinares que asseguram uma resposta articulada com as ações promovidas no local, numa perspetiva de partilha dinâmica, sinergia e aproveitamento eficiente dos recursos. Esta medida abrangerá oito agrupamentos e uma escola não agrupada pré-selecionados a partir de um estudo efetuado à realidade do abandono e insucesso escolar no Município de Lisboa, nomeadamente:

  • AE Alto do Lumiar
  • AE Bairro Padre Cruz
  • AE das Olaias
  • AE D. Dinis
  • AE Gil Vicente
  • AE Manuel da Maia
  • AE Pintor Almada Negreiros
  • AE Piscinas/Olivais
  • Escola Secundária de Fonseca Benevides

A coordenação da medida encontra-se a cargo da Fundação Aga Khan.

Visa apoiar, técnica e financeiramente, o desenvolvimento de projetos pedagógicos da rede escolar pública do concelho de Lisboa desde o 1.º ciclo ao 12.º ano de escolaridade para dar resposta às necessidades sentidas pelas escolas, envolvendo os/as alunos/as e as comunidades escolares no êxito dos seus percursos educativos, contribuindo assim para a igualdade de oportunidades.

Consulte o concurso 

A coordenação da medida encontra-se a cargo da Câmara Municipal de Lisboa.

Desenvolvimento de atividades no âmbito da educação pela ciência e tecnologia, centradas na promoção do ensino experimental da ciência. Abrange todas as escolas do 1.º e 2.º ciclo.

A coordenação da medida encontra-se a cargo da Agência Ciência Viva.

Pretende-se otimizar o usufruto e integração dos recursos disponíveis nos equipamentos culturais, abrindo a educação à cidade.

Através da divulgação junto das escolas, da oferta existente nos equipamentos culturais e educativos da cidade, em particular daqueles que possuem um “serviço educativo” ou com potencial educativo, pretende-se dar a conhecer junto dos alunos/as das escolas da rede pública da cidade de Lisboa, as várias iniciativas existentes no âmbito da educação científica e ambiental, educação desportiva, educação cultural e educação cívica.

Inclui a criação de uma ferramenta digital de referenciação de recursos e envolve todas as escolas do concelho.

A coordenação da medida encontra-se da Câmara Municipal de Lisboa.

Esta medida destina-se a, transversalmente, apoiar a execução do programa. Todas as medidas serão monitorizadas e avaliadas, com o objetivo de garantir a sua execução e identificar o impacto no sucesso das aprendizagens.

A coordenação da monitorização e avaliação encontra-se a cargo do IPPS-IUL - Instituto para as Políticas Públicas e Sociais.