Economia Social e Empregabilidade

O município tem como objetivo desenvolver iniciativas na lógica da promoção de condições de apoio ao empreendedorismo social, designadamente através da constituição de parcerias qualificadas para a criação de uma incubadora social.

Programas

Programa Municipal para a Economia Social e Promoção da Empregabilidade em Lisboa

O Programa tem como objetivos:

  • desenvolver a Economia Social criando condições para conjugar as suas potencialidades com os desafios atuais;
  • promover a empregabilidade articulando estratégias, organizando e apoiando atividades que incrementem as competências para a empregabilidade;
  • estimular o empreendedorismo inclusivo, organizando e apoiando programas que apoiem a iniciativa individual de base territorial.

Consulte:

Folheto Rede Emprega
Folheto Programa Municipal para a Economia Social e Promoção da Empregabilidade em Lisboa

Projeto ComNetNEET

É um projeto financiado pelo Programa da União Europeia (Erasmus +) que conta com um consórcio constituído por vários parceiros internacionais, com vista à implementação de um projeto piloto e, posteriormente, à criação de um guia de boas práticas. O ComNetNEET (Community Networking for Integration of Young People in NEET Situation) é um projeto dirigido a jovens em situação NEET (jovens que não estão nem a trabalhar nem a estudar ou a frequentar qualquer tipo de formação), com idades compreendidas entre os 18 e os 29 anos, a profissionais e instituições que integram o ecossistema para a inclusão social e que trabalham com e para jovens nesta situação. Os principais objetivos do projeto prendem-se com:

  • o desenvolvimento de uma metodologia inovadora, partindo das melhores práticas existentes nos países parceiros;
  • estar em Portugal, Itália e Espanha;
  • analisar os resultados e impacto do teste piloto da metodologia a nível local e regional.

Em Portugal, a entidade coordenadora do Projeto é o CECOA e a entidade responsável pela implementação do Modelo de Intervenção em duas freguesias: Ajuda e Marvila, consideradas como territórios piloto, onde conta com a colaboração das entidades locais (Juntas de Freguesia e ONG’s).

Consulte:
Brochura do Programa
Newsletter 1
Newsletter 2