Dar Força à Economia

Uma cidade da prosperidade partilhada, que dá força à economia e ao emprego

Mais serviços qualificados, mais empregos

O comércio é uma atividade económica fundamental para a cidade. O comércio, em particular o comércio de rua, enfrenta diversos desafios, porque se alteraram as exigências dos consumidores, os ritmos, estilos e hábitos de vida.

A modernização e a adaptação a esta nova realidade são fundamentais, não só repensando os espaços e conceitos, como adotando novas técnicas de gestão e vendas, merchandising e novas tecnologias.

A Câmara Municipal de Lisboa deve contribuir para um comércio local, tradicional e inovador, como marca identitária e diferenciadora da capital. O comércio de rua é elemento central na estratégia de valorização do espaço público, com novas praças e novas centralidades locais.

Paralelamente, deve promover os Mercados de Lisboa como espaços de comércio de qualidade, mas também património histórico e cultural da idade. Estes espaços comerciais contribuem para a economia local, para a coesão social e para a valorização dos bairros e das suas populações.


O Plano Municipal dos Mercados de Lisboa 2016-2020 reflete a visão estratégica para o conjunto dos 25 mercados de Lisboa: mais competitivos - capacitação dos comerciantes; melhoria do serviço; modernização dos mercados; mais abertos - criação de parcerias; fomento do empreendedorismo; implementação de uma marca; mais cidade - promoção de iniciativas locais; sustentabilidade.