detalhe

Economia e Inovação 

Taxa turística nos cruzeiros cobrada a partir de hoje

Os passageiros dos navios de cruzeiros que chegam a Lisboa começam a pagar taxa de chegada por via marítima (TCVM) a partir de hoje, 1 de abril. O protocolo assinado em 2023, entre a Câmara Municipal de Lisboa e Administração do Porto de Lisboa, prevê uma receita anual de 1,2 milhões de euros.

A cobrança da taxa aplica-se aos passageiros maiores de 13 anos, que desembarquem de navio de cruzeiro em trânsito nos terminais de Lisboa

A TCVM, no valor de dois euros, aplica-se aos passageiros maiores de 13 anos, que desembarquem de navio de cruzeiro em trânsito, nos terminais de Lisboa.

A cobrança da taxa é "uma medida necessária, porque a cidade precisa de investir mais em áreas fundamentais para o seu bom funcionamento, como é o caso da Higiene Urbana. Este valor que vamos cobrar a cada passageiro tem um pequeno impacto na carteira de cada um, mas para a cidade significa uma receita anual superior a um milhão de euros”, afirma o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Carlos Moedas.

Com a taxa turística por via marítima, é adotado um tratamento de igualdade entre todos os turistas que nos visitam, e que pagam uma taxa nos hotéis e alojamentos de Lisboa.

A medida prevê uma receita anual de 1,2 milhões de euros e pode representar 0,3% do total da receita da taxa turística para a cidade.

A TCVM, no valor de dois euros, aplica-se aos passageiros maiores de 13 anos, que desembarquem de navio de cruzeiro em trânsito, nos terminais de Lisboa.

A cobrança da taxa é "uma medida necessária, porque a cidade precisa de investir mais em áreas fundamentais para o seu bom funcionamento, como é o caso da Higiene Urbana. Este valor que vamos cobrar a cada passageiro tem um pequeno impacto na carteira de cada um, mas para a cidade significa uma receita anual superior a um milhão de euros”, afirma o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Carlos Moedas.

Com a taxa turística por via marítima, é adotado um tratamento de igualdade entre todos os turistas que nos visitam, e que pagam uma taxa nos hotéis e alojamentos de Lisboa.

A medida prevê uma receita anual de 1,2 milhões de euros e pode representar 0,3% do total da receita da taxa turística para a cidade.

ler mais
ler menos