COVID-19 Medidas e Informações

Ambiente

 

Semana Verde Europeia em Lisboa

Lisboa Capital Verde Europeia recebeu a conferencia de Abertura da Semana Verde Europeia, a Green Week 2020

Fernando Medina, presidente da CML

Fernando Medina, presidente da CML


É essencial reestabelecer o equilíbrio com a natureza e preservar biodiversidade. Esta foi a mensagem fundamental transmitida na conferência, que decorreu hoje, 19 de outubro, na Fundação Calouste Gulbenkian.

A Green Week é uma iniciativa da Comissão Europeia que reúne anualmente vários cientistas e especialistas da área ambiental para debater o futuro do ambiente na Europa. Este ano o debate centra-se na procura de um novo começo para as pessoas e a natureza, com o lançamento de uma Estratégia de Biodiversidade da União Europeia para 2030.

Na sessão inicial, Fernando Medina lembrou que com esta pandemia “ficou cada vez mais claro que temos que ter uma agenda verde mais rápida e eficaz, porque a humanidade não pode voltar atrás e continuar a ter a mesma relação que tinha com a natureza”.

O presidente do município focou a ação de Lisboa no combate às alterações climáticas e no caminho para a neutralidade carbónica, em três pontos essenciais: o incentivo à mobilidade com a  criação de um sistema eficaz de transporte público ao nível metropolitano, investimento na habitação, trazendo as pessoas à cidade, e na criação de mais espaços verdes, como é o caso, por exemplo do novo Parque da Praça de Espanha.

O comissário Europeu do Ambiente, Virginijus Sinkevičius, a comissária Europeia da Coesão e Reformas, Elisa Ferreira, e o ministro do Ambiente e da Ação Climática, Matos Fernandes, também marcaram presença nesta conferencia.

O encerramento esteve a cargo do vereador do ambiente da Câmara Municipal de Lisboa, José Sá Fernandes. A Green Week continua em Bruxelas, até dia 22 de outubro.

É essencial reestabelecer o equilíbrio com a natureza e preservar biodiversidade. Esta foi a mensagem fundamental transmitida na conferência, que decorreu hoje, 19 de outubro, na Fundação Calouste Gulbenkian.

A Green Week é uma iniciativa da Comissão Europeia que reúne anualmente vários cientistas e especialistas da área ambiental para debater o futuro do ambiente na Europa. Este ano o debate centra-se na procura de um novo começo para as pessoas e a natureza, com o lançamento de uma Estratégia de Biodiversidade da União Europeia para 2030.

Na sessão inicial, Fernando Medina lembrou que com esta pandemia “ficou cada vez mais claro que temos que ter uma agenda verde mais rápida e eficaz, porque a humanidade não pode voltar atrás e continuar a ter a mesma relação que tinha com a natureza”.

O presidente do município focou a ação de Lisboa no combate às alterações climáticas e no caminho para a neutralidade carbónica, em três pontos essenciais: o incentivo à mobilidade com a  criação de um sistema eficaz de transporte público ao nível metropolitano, investimento na habitação, trazendo as pessoas à cidade, e na criação de mais espaços verdes, como é o caso, por exemplo do novo Parque da Praça de Espanha.

O comissário Europeu do Ambiente, Virginijus Sinkevičius, a comissária Europeia da Coesão e Reformas, Elisa Ferreira, e o ministro do Ambiente e da Ação Climática, Matos Fernandes, também marcaram presença nesta conferencia.

O encerramento esteve a cargo do vereador do ambiente da Câmara Municipal de Lisboa, José Sá Fernandes. A Green Week continua em Bruxelas, até dia 22 de outubro.

ler mais
ler menos