detalhe

 

Reunião Descentralizada dedicada a Campo de Ourique e Estrela

A primeira reunião pública descentralizada da Câmara de Lisboa deste ano teve lugar a 15 de dezembro, nas instalações da Junta de Freguesia da Estrela, para audição dos munícipes das freguesias de Campo de Ourique e Estrela

Reunião Descentralizada dedicada a Campo de Ourique e Estrela

No início da reunião, o presidente da Câmara de Lisboa (CML), Carlos Moedas, lembrou o arranque do Plano de Saúde 65+, “já com 4 765 inscritos”, dos quais 132 na Estrela, e 173 em Campo de Ourique. Um número que o autarca quer aumentar, apelando aos presentes que se inscrevam nas farmácias aderentes.

Durante as mais de quatro horas de reunião, os munícipes inscritos reportaram ao executivo alguns dos problemas das duas freguesias, com destaque para: habitação, recolha e deposição de lixo, poluição, ruído e o incumprimento de horários de encerramento do comércio, foram alguns dos temas em destaque na reunião, a par do estacionamento, cargas e descargas e as dificuldades diárias no trânsito.

As obras do Metro, em curso, mereceram igualmente a atenção do executivo, com o presidente da autarquia a garantir que a CML vai “continuar a negociar” com a empresa para tentar encontrar a melhor solução para o Jardim da Parada, onde está prevista a estação de Campo de Ourique, integrada no prolongamento da linha Vermelha de São Sebastião a Alcântara.

Na Estrela, está previsto avançar, já na próxima semana, uma nova Carreira de Bairro da Carris, afirmou Carlos Moedas, em resposta ao pedido de uma das munícipes presentes.

No final, de acordo com o funcionamento das reuniões, os vereadores eleitos pelas diferentes forças políticas, e os presidentes das duas juntas de freguesia, pronunciaram-se sobre as questões levantadas pelo público.

As reuniões públicas descentralizadas têm lugar em diferentes áreas da cidade, e destinam-se prioritariamente à intervenção do público.

Assista nesta página ao vídeo integral da reunião.

 

No início da reunião, o presidente da Câmara de Lisboa (CML), Carlos Moedas, lembrou o arranque do Plano de Saúde 65+, “já com 4 765 inscritos”, dos quais 132 na Estrela, e 173 em Campo de Ourique. Um número que o autarca quer aumentar, apelando aos presentes que se inscrevam nas farmácias aderentes.

Durante as mais de quatro horas de reunião, os munícipes inscritos reportaram ao executivo alguns dos problemas das duas freguesias, com destaque para: habitação, recolha e deposição de lixo, poluição, ruído e o incumprimento de horários de encerramento do comércio, foram alguns dos temas em destaque na reunião, a par do estacionamento, cargas e descargas e as dificuldades diárias no trânsito.

As obras do Metro, em curso, mereceram igualmente a atenção do executivo, com o presidente da autarquia a garantir que a CML vai “continuar a negociar” com a empresa para tentar encontrar a melhor solução para o Jardim da Parada, onde está prevista a estação de Campo de Ourique, integrada no prolongamento da linha Vermelha de São Sebastião a Alcântara.

Na Estrela, está previsto avançar, já na próxima semana, uma nova Carreira de Bairro da Carris, afirmou Carlos Moedas, em resposta ao pedido de uma das munícipes presentes.

No final, de acordo com o funcionamento das reuniões, os vereadores eleitos pelas diferentes forças políticas, e os presidentes das duas juntas de freguesia, pronunciaram-se sobre as questões levantadas pelo público.

As reuniões públicas descentralizadas têm lugar em diferentes áreas da cidade, e destinam-se prioritariamente à intervenção do público.

Assista nesta página ao vídeo integral da reunião.

 

ler mais
ler menos