Habitação

 

"Renda Segura” em janeiro com casas de Renda Acessível

Câmara lança programa “Renda Segura” aproveitando isenções fiscais no Orçamento de Estado. Autarquia vai arrendar casas a proprietários de alojamento local, imóveis desocupados ou prédios livres, e subarrendar a preços acessíveis.

Programa “Renda Segura” vai arrendar casas a proprietários de habitações ou alojamento local e subarrendadar a preços acessíveis

O programa vai ser apresentado em janeiro de 2020. O objetivo é alocar mais 1000 casas ao Programa Renda Acessível, lançado este mês.

As casas serão arrendadas à autarquia, que pagará uma renda fixa durante 5, 10 ou 20 anos, acrescida de isenções fiscais, e subarrendadas às famílias da classe média, em regime de renda acessível.

O valor máximo das rendas será no máximo 30% do rendimento líquido, e as casas colocadas no Portal Habitar Lisboa.

ler mais
ler menos