detalhe

Cidadania 

“RedEscolas AntiCorrupção” triplicou o número de participantes

Cinquenta escolas, 4 100 alunos e 87 professores integraram a 2ª edição a "RedEscolas AntiCorrupção", um programa promovido pela Associação All4Integrity. O encerramento teve lugar nos Paços do Concelho, com a entrega de certificados “Escola Embaixadora“ e cartões de “Embaixador” e “Embaixador Jovem”, a professores e alunos.

 

No ano letivo que agora termina, mais escolas de Lisboa aderiram ao programa: Colégio do Sagrado Coração de Maria; Colégio Salesianos de Lisboa; Escola de Comércio de Lisboa; Escola Secundária José Gomes Ferreira; Escola Secundária Maria Amália Vaz de Carvalho; Profitecla

A RedEscolas AntiCorrupção, é um programa de literacia anticorrupção, que visa o desenvolvimento de uma cidadania esclarecida e ativa, junto dos jovens em idade escolar.

De acordo com o envolvimento das escolas, são entregues selos digitais: prata ou ouro, além de um certificado de participação: “Escola Embaixadora“. Também os professores e alunos envolvidos recebem um cartão de identidade com a designação “Embaixador”  e  “Embaixador Jovem”.

No encerramento da 2.ª edição – nos Paços do Concelho de Lisboa, com a presença de Carlos Moedas, presidente da Câmara Municipal, e Joana Almeida, vereadora da Transparência e Prevenção da Corrupção –, foram divulgados os números do programa: chegou a 50 escolas, 4 100 alunos, 87 professores e a 3 continentes.

No ano letivo que agora termina, mais escolas de Lisboa aderiram ao programa: Colégio do Sagrado Coração de Maria; Colégio Salesianos de Lisboa; Escola de Comércio de Lisboa; Escola Secundária José Gomes Ferreira; Escola Secundária Maria Amália Vaz de Carvalho; Profitecla.

A RedEscolas AntiCorrupção, é um programa de literacia anticorrupção, que visa o desenvolvimento de uma cidadania esclarecida e ativa, junto dos jovens em idade escolar.

De acordo com o envolvimento das escolas, são entregues selos digitais: prata ou ouro, além de um certificado de participação: “Escola Embaixadora“. Também os professores e alunos envolvidos recebem um cartão de identidade com a designação “Embaixador”  e  “Embaixador Jovem”.

No encerramento da 2.ª edição – nos Paços do Concelho de Lisboa, com a presença de Carlos Moedas, presidente da Câmara Municipal, e Joana Almeida, vereadora da Transparência e Prevenção da Corrupção –, foram divulgados os números do programa: chegou a 50 escolas, 4 100 alunos, 87 professores e a 3 continentes.

No ano letivo que agora termina, mais escolas de Lisboa aderiram ao programa: Colégio do Sagrado Coração de Maria; Colégio Salesianos de Lisboa; Escola de Comércio de Lisboa; Escola Secundária José Gomes Ferreira; Escola Secundária Maria Amália Vaz de Carvalho; Profitecla.

ler mais
ler menos