COVID-19 Medidas e Informações

Educação

 

Reabertura da Escola Básica das Laranjeiras

Câmara Municipal de Lisboa garante a colocação de mais quatro assistentes operacionais a partir de amanhã, 22 de setembro.

Reabertura da Escola Básica das Laranjeiras

As orientações do Ministério da Educação são taxativas e não permitem aos diretores de agrupamento encerrar uma escola por iniciativa própria – tendo de submeter uma proposta nesse sentido ao Ministério da Educação.

A Câmara Municipal de Lisboa (CML), ao contrário do que foi noticiado, não foi previamente informada sobre qualquer dificuldade com o número de assistentes operacionais que conduzisse ao encerramento da escola.

No início deste ano letivo, a CML contratou mais 100 assistentes operacionais para reforçar o número de funcionários nas escolas. Graças a esta bolsa, todos os agrupamentos escolares, como o da Escola Básica das Laranjeiras, respondem ao rácio de funcionário/aluno previsto na lei.

Graças a esta bolsa de funcionários, e mesmo com a infeção, entretanto detetada, a Escola Básica das Laranjeiras tinha assistentes operacionais em número suficiente (9) para ter equacionado soluções que mantivessem a escola a funcionar - de acordo com as orientações do Ministério da Educação e da Direção-Geral da Saúde.

Mesmo assim, e atendendo à perturbação que esta situação causou na comunidade escolar, a CML garantiu a colocação de mais quatro assistentes operacionais a partir de amanhã, 22 de setembro.

As orientações do Ministério da Educação são taxativas e não permitem aos diretores de agrupamento encerrar uma escola por iniciativa própria – tendo de submeter uma proposta nesse sentido ao Ministério da Educação.

A Câmara Municipal de Lisboa (CML), ao contrário do que foi noticiado, não foi previamente informada sobre qualquer dificuldade com o número de assistentes operacionais que conduzisse ao encerramento da escola.

No início deste ano letivo, a CML contratou mais 100 assistentes operacionais para reforçar o número de funcionários nas escolas. Graças a esta bolsa, todos os agrupamentos escolares, como o da Escola Básica das Laranjeiras, respondem ao rácio de funcionário/aluno previsto na lei.

Graças a esta bolsa de funcionários, e mesmo com a infeção, entretanto detetada, a Escola Básica das Laranjeiras tinha assistentes operacionais em número suficiente (9) para ter equacionado soluções que mantivessem a escola a funcionar - de acordo com as orientações do Ministério da Educação e da Direção-Geral da Saúde.

Mesmo assim, e atendendo à perturbação que esta situação causou na comunidade escolar, a CML garantiu a colocação de mais quatro assistentes operacionais a partir de amanhã, 22 de setembro.

ler mais
ler menos