COVID-19 Medidas e Informações

Ambiente

 

Novo contentor para bio-resíduos chega a toda a cidade até 2023

A recolha de resíduos orgânicos será feita duas vezes por semana e a iniciativa alargada a toda a cidade até 2023.

Novos contentores para bio-resíduos chegam a toda a cidade até 2023

"Restos de comida não são lixo" é o novo projeto piloto da autarquia. Sete mil famílias, das freguesias do Lumiar e Santa Clara, receberam já o novo contentor doméstico castanho, para recolha de resíduos orgânicos.

Restos de comida, resíduos orgânicos ou bio-resíduos – cerca de 40% do lixo indiferenciado atualmente recolhido – passam a ser recolhidos duas vezes por semana à porta de casa, em contentor próprio, tal como já acontece com plástico, papel e vidro.

O programa foi apresentado hoje, 13 de dezembro, no Lumiar, pelo vereador da Higiene Urbana. Até 2023, adiantou Carlos Manuel Castro, o projeto será alargado a toda a cidade.

"Restos de comida não são lixo" é o novo projeto piloto da autarquia. Sete mil famílias, das freguesias do Lumiar e Santa Clara, receberam já o novo contentor doméstico castanho, para recolha de resíduos orgânicos.

Restos de comida, resíduos orgânicos ou bio-resíduos – cerca de 40% do lixo indiferenciado atualmente recolhido – passam a ser recolhidos duas vezes por semana à porta de casa, em contentor próprio, tal como já acontece com plástico, papel e vidro.

O programa foi apresentado hoje, 13 de dezembro, no Lumiar, pelo vereador da Higiene Urbana. Até 2023, adiantou Carlos Manuel Castro, o projeto será alargado a toda a cidade.

ler mais
ler menos