detalhe

Economia e Inovação 

Microsoft escolhe Lisboa para lançar novo centro de Inteligência Artificial

Projeto da Fábrica de Unicórnios foi decisivo na escolha da multinacional tecnológica, e vai integrar o novo centro de inovação como parte da sua estratégia. Lisboa foi escolhida entre mais de 200 mercados onde atua a Microsoft para lançar a nova Fábrica de Inovação em Inteligência Artificial.

Microsoft escolhe Lisboa para lançar novo centro de Inteligência Artificial © Microsoft

Links relacionados

Unicorn Factory Lisboa

O novo centro da Microsoft vai integrar o AI Hub da Unicorn Factory, em Alvalade, que será inaugurado em novembro. O espaço terá 2 300 m2, com capacidade para acolher 300 pessoas, e será o novo ponto de encontro de empreendedores, grandes empresas, investidores e investigadores na área de Generative AI.

Com escritórios, salas de eventos e laboratórios de investigação, o novo AI Hub vai também funcionar como um local de aprendizagem para as melhores práticas e casos de estudo em Inteligência Artificial (IA).

“A Fábrica de Unicórnios tornou Lisboa a cidade mais inovadora da Europa, e este projeto é mais uma prova disso mesmo", salienta Carlos Moedas.

O novo centro é anunciado três meses após a vitória de Lisboa como Capital Europeia da Inovação – prémio atribuído pela Comissão Europeia – e um mês depois do anúncio da Deloitte, que vai lançar um centro de IA no Largo do Rato, com capacidade para mais de 2 000 pessoas. Lisboa consolida assim o seu posicionamento enquanto um dos principais polos tecnológicos da Europa.

Atualmente, a Microsoft é um dos principais atores mundiais em IA, tendo recentemente investido 10 mil milhões de dólares na Open AI – responsável pelo Chat GPT.

O novo centro da Microsoft vai integrar o AI Hub da Unicorn Factory, em Alvalade, que será inaugurado em novembro. O espaço terá 2 300 m2, com capacidade para acolher 300 pessoas, e será o novo ponto de encontro de empreendedores, grandes empresas, investidores e investigadores na área de Generative AI.

Com escritórios, salas de eventos e laboratórios de investigação, o novo AI Hub vai também funcionar como um local de aprendizagem para as melhores práticas e casos de estudo em Inteligência Artificial (IA).

“A Fábrica de Unicórnios tornou Lisboa a cidade mais inovadora da Europa, e este projeto é mais uma prova disso mesmo", salienta Carlos Moedas.

O novo centro é anunciado três meses após a vitória de Lisboa como Capital Europeia da Inovação – prémio atribuído pela Comissão Europeia – e um mês depois do anúncio da Deloitte, que vai lançar um centro de IA no Largo do Rato, com capacidade para mais de 2 000 pessoas. Lisboa consolida assim o seu posicionamento enquanto um dos principais polos tecnológicos da Europa.

Atualmente, a Microsoft é um dos principais atores mundiais em IA, tendo recentemente investido 10 mil milhões de dólares na Open AI – responsável pelo Chat GPT.

ler mais
ler menos