COVID-19 Medidas e Informações

detalhe

Desporto 

Lisboa reforça apoios aos clubes e coletividades

Câmara de Lisboa vai assumir todos os encargos com a testagem à Covid-19 dos atletas da cidade. Os apoios alargam-se aos clubes, com o reforço do Lisboa Protege, e um apoio estrutural de 20 milhões de euros, a partir de junho, ao longo de dois anos. As medidas foram anunciadas hoje, na apresentação de Lisboa Capital Europeia do Desporto 2021 (CED).

Rio Tejo

Apesar da pandemia, Lisboa decidiu manter a organização da CED, adaptando as ideias e os programas, para não perder os valores da candidatura. Ser Capital do Desporto passou a ser o nosso lema, e irá além de 2021, até 2022 e 2023, afirmou Fernando Medina.

Conseguimos, disse o presidente da Câmara Municipal de Lisboa (CML), manter os eventos de alta competição, por um lado, e a prática desportiva habitual junto dos jovens, das escolas, em todos os escalões etários. Já este fim de semana, Lisboa recebe o Campeonato Europeu de Judo, a que se seguem a Premier League de Karaté e a Taça do Mundo de Triatlo.

Lisboa é “uma cidade que se constrói cada vez mais para os espaços verdes, para a prática do desporto ao ar livre, para estilos de vida saudáveis.” É hoje claro, assinalou, que “a severidade da pandemia foi muito maior em cidades em que os níveis de poluição eram historicamente mais elevados. Precisamos, e podemos, ter práticas e estilos de vida mais saudáveis.”

Apoios extraordinários aos clubes

Aos clubes e coletividades, e aos atletas, Fernando Medina garantiu novos apoios. A testagem dos atletas vai avançar, com os encargos assumidos pela CML.

O autarca anunciou, ainda, um apoio excecional, no âmbito do Lisboa Protege, e um novo apoio estrutural, com uma dotação de 20 milhões de euros, assente em quatro pilares: atividade, equipamentos, infraestruturas, formação e capacitação, Um programa ao longo de dois anos, revelou, com início em junho de 2021.

"Lisboa Inspira" é o mote da CED

A fadista Cuca Roseta, abriu a apresentação pública da CED, que decorreu hoje, 14 de abril, no salão nobre do Pavilhão Carlos Lopes, com a presença do presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, do Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, do chefe de missão de CED, Nuno Delgado, e do representante da Associação das Cidades Europeias do Desporto - Portugal, Nuno Santos.

António Guerreiro de Brito-Sustentabilidade, Fernando Santos-Educação, Patrícia Mamona-Mobilidade, Manuel Carrageta-Saúde e bem-estar, Vhils-Cultura, Hugo Passos-Solidariedade, e Telma Monteiro-Transcendência, são os embaixadores de Lisboa CED.

Apesar da pandemia, Lisboa decidiu manter a organização da CED, adaptando as ideias e os programas, para não perder os valores da candidatura. Ser Capital do Desporto passou a ser o nosso lema, e irá além de 2021, até 2022 e 2023, afirmou Fernando Medina.

Conseguimos, disse o presidente da Câmara Municipal de Lisboa (CML), manter os eventos de alta competição, por um lado, e a prática desportiva habitual junto dos jovens, das escolas, em todos os escalões etários. Já este fim de semana, Lisboa recebe o Campeonato Europeu de Judo, a que se seguem a Premier League de Karaté e a Taça do Mundo de Triatlo.

Lisboa é “uma cidade que se constrói cada vez mais para os espaços verdes, para a prática do desporto ao ar livre, para estilos de vida saudáveis.” É hoje claro, assinalou, que “a severidade da pandemia foi muito maior em cidades em que os níveis de poluição eram historicamente mais elevados. Precisamos, e podemos, ter práticas e estilos de vida mais saudáveis.”

Apoios extraordinários aos clubes

Aos clubes e coletividades, e aos atletas, Fernando Medina garantiu novos apoios. A testagem dos atletas vai avançar, com os encargos assumidos pela CML.

O autarca anunciou, ainda, um apoio excecional, no âmbito do Lisboa Protege, e um novo apoio estrutural, com uma dotação de 20 milhões de euros, assente em quatro pilares: atividade, equipamentos, infraestruturas, formação e capacitação, Um programa ao longo de dois anos, revelou, com início em junho de 2021.

"Lisboa Inspira" é o mote da CED

A fadista Cuca Roseta, abriu a apresentação pública da CED, que decorreu hoje, 14 de abril, no salão nobre do Pavilhão Carlos Lopes, com a presença do presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, do Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, do chefe de missão de CED, Nuno Delgado, e do representante da Associação das Cidades Europeias do Desporto - Portugal, Nuno Santos.

António Guerreiro de Brito-Sustentabilidade, Fernando Santos-Educação, Patrícia Mamona-Mobilidade, Manuel Carrageta-Saúde e bem-estar, Vhils-Cultura, Hugo Passos-Solidariedade, e Telma Monteiro-Transcendência, são os embaixadores de Lisboa CED.

ler mais
ler menos