COVID-19 Medidas e Informações

detalhe

Ambiente 

Lisboa no caminho da energia mais sustentável e eficiente

A Empresa Portuguesa das Águas Livres (EPAL) vai instalar duas centrais fotovoltaicas em Telheiras (500 Kw) e no Parque das Nações (650 Kw). O projeto visa a redução de consumos, e o aumento da produção própria de energia 100% renovável.

Apresentação pública do Projeto Centrais Fotovoltaicas da EPAL - José Sá Fernandes

A energia produzida vai alimentar as estruturas da EPAL (reservatórios, estações e frota) nos dois locais, contribuindo assim para as metas de descarbonização na cidade.

Para a empresa, este é “mais um passo” no “compromisso com a neutralidade energética e a mitigação dos efeitos das alterações climáticas.”

Lisboa tem "duplicado todos os anos a instalação de painéis solares na cidade, e com estas novas centrais vamos manter essa tendência", sublinhou José Sá Fernandes.

O vereador do Ambiente, Clima e Energia, e Estrutura Verde, falava durante a apresentação pública do Projeto Centrais Fotovoltaicas, dia 28 de abril, no Laboratório Central da EPAL.
 

A energia produzida vai alimentar as estruturas da EPAL (reservatórios, estações e frota) nos dois locais, contribuindo assim para as metas de descarbonização na cidade.

Para a empresa, este é “mais um passo” no “compromisso com a neutralidade energética e a mitigação dos efeitos das alterações climáticas.”

Lisboa tem "duplicado todos os anos a instalação de painéis solares na cidade, e com estas novas centrais vamos manter essa tendência", sublinhou José Sá Fernandes.

O vereador do Ambiente, Clima e Energia, e Estrutura Verde, falava durante a apresentação pública do Projeto Centrais Fotovoltaicas, dia 28 de abril, no Laboratório Central da EPAL.
 

ler mais
ler menos