COVID-19 Medidas e Informações

Urbanismo

 

Largo do Rio Seco avança para obras de requalificação

Com um investimento de 2,7 milhões de euros, a intervenção integra o programa "Uma Praça em cada Bairro” e tem um prazo de execução de 240 dias.

Projeto de Intervenção para o Largo do Rio Seco

Passeios mais confortáveis, mais árvores e zonas de lazer, maior acessibilidade e segurança para peões, e reordenamento do estacionamento, são as grandes alterações no espaço público.

Os trabalhos, no âmbito de “Uma Praça em cada Bairro”, arrancaram hoje, 25 de março, com a presença do presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina.

A intervenção abrange uma área de 8400 m2, ao longo da Rua Rui de Pina, e encosta devoluta no lado poente, continuando a descer pelo início do Largo do Rio Seco até à zona do largo, estabelecendo ligações a quatro arruamentos: Rua Diogo Cão, Rua Aliança Operária / Travessa do Giestal, Rua Dom João de Castro e Rua Silva Porto.

Linhas de Intervenção

  • reconfiguração do espaço público a partir da sua memória e identidade original;
  • aumento do espaço pedonal, de estadia e lazer;
  • aumento da largura dos passeios e introdução de pavimento confortável;
  • zonas de coexistência;
  • diminuição da largura das faixas de rodagem, promovendo a diminuição da velocidade de circulação automóvel;
  • reordenamento do estacionamento existente e criação de novos lugares;
  • introdução de mobiliário urbano;
  • aumento de área verde e plantação de árvores;
  • reforço e relocalização de ecopontos.

Passeios mais confortáveis, mais árvores e zonas de lazer, maior acessibilidade e segurança para peões, e reordenamento do estacionamento, são as grandes alterações no espaço público.

Os trabalhos, no âmbito de “Uma Praça em cada Bairro”, arrancaram hoje, 25 de março, com a presença do presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina.

A intervenção abrange uma área de 8400 m2, ao longo da Rua Rui de Pina, e encosta devoluta no lado poente, continuando a descer pelo início do Largo do Rio Seco até à zona do largo, estabelecendo ligações a quatro arruamentos: Rua Diogo Cão, Rua Aliança Operária / Travessa do Giestal, Rua Dom João de Castro e Rua Silva Porto.

Linhas de Intervenção

  • reconfiguração do espaço público a partir da sua memória e identidade original;
  • aumento do espaço pedonal, de estadia e lazer;
  • aumento da largura dos passeios e introdução de pavimento confortável;
  • zonas de coexistência;
  • diminuição da largura das faixas de rodagem, promovendo a diminuição da velocidade de circulação automóvel;
  • reordenamento do estacionamento existente e criação de novos lugares;
  • introdução de mobiliário urbano;
  • aumento de área verde e plantação de árvores;
  • reforço e relocalização de ecopontos.
ler mais
ler menos