COVID-19 Medidas e Informações

Direitos Sociais

Segurança

 

Estudo revela números preocupantes sobre violência sexual no meio académico

Um em cada três estudantes universitários da região de Lisboa foi vítima de “violência sexual física”, mas poucos denunciam as agressões, revela um estudo da Federação Académica de Lisboa (FAL) realizado entre 2018 e 2019.

Apresentação do Estudo “Violência Sexual na Academia de Lisboa – Prevalência e Perceção dos Estudantes”

O inquérito, a 1.052 estudantes da região de Lisboa, revela que a maioria já foi vítima de violência sexual pelo menos uma vez.

As conclusões foram apresentadas hoje, 10 de dezembro, na Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa, e integram o estudo “Violência Sexual na Academia de Lisboa – Prevalência e Perceção dos Estudantes”, realizado pela FAL com a “cooperação observante” da ‘Associação Portuguesa de Apoio à Vítima’, ‘Quebrar o Silêncio’; e ‘União de Mulheres Alternativa e Resposta’.

Entre as recomendações do estudo da FAL estão a promoção de campanhas de sensibilização pelas instituições de ensino superior, mas também do governo, junto dos estudantes “com vista a educar e desmistificar os conceitos de assédio e violência sexual, bem como qual deve ser a atuação perante uma ocorrência”.

Mais informação

ler mais
ler menos