COVID-19 Medidas e Informações

detalhe

Desporto 

Encerramento de “Lisboa Capital Europeia do Desporto”

Chegou ao fim o ano “Lisboa Capital Europeia do Desporto”. Apesar das restrições provocadas pela pandemia, o desporto não parou em Lisboa. A cidade de Haia, na Holanda, é Capital do Desporto em 2022.

Carlos Moedas, presidente da CML, Ângelo Pereira, vereador, e Gian Francesco Lupattelli, presidente da ACES Europe - Encerramento de Lisboa Capital Europeia do Desporto

Na cerimónia de encerramento, que decorreu a 18 de dezembro no Pavilhão Carlos Lopes, Carlos Moedas começou por deixar uma palavra de agradecimento ao antigo vereador do Desporto, Jorge Máximo, que iniciou o processo de candidatura de Lisboa Capital Europeia do Desporto (CED), a Gian Francesco Lupattelli, presidente da ACES Europe, a Nuno Delgado, um dos embaixadores, e aos colaboradores do Departamento de Desporto da autarquia.

“Queremos abrir a cidade ao desporto”, afirmou Carlos Moedas. A Capital do Desporto “não acaba aqui”, garantiu o presidente da Câmara Municipal de Lisboa aos desportistas presentes, entre os quais o antigo campeão olímpico português Carlos Lopes.

O espetáculo contou com a presença de Paulo de Carvalho, e a atuação de grupos do movimento associativo de Lisboa, numa organização da CML em parceria com o Ginásio Clube Português.

Horas antes, no final da Corrida São Silvestre, o vereador do Desporto de Lisboa, Ângelo Pereira, entregou a bandeira da Capital Europeia do Desporto aos representantes de Haia, cidade capital em 2022.

Veja nesta página a cerimónia de encerramento na íntegra.

Na cerimónia de encerramento, que decorreu a 18 de dezembro no Pavilhão Carlos Lopes, Carlos Moedas começou por deixar uma palavra de agradecimento ao antigo vereador do Desporto, Jorge Máximo, que iniciou o processo de candidatura de Lisboa Capital Europeia do Desporto (CED), a Gian Francesco Lupattelli, presidente da ACES Europe, a Nuno Delgado, um dos embaixadores, e aos colaboradores do Departamento de Desporto da autarquia.

“Queremos abrir a cidade ao desporto”, afirmou Carlos Moedas. A Capital do Desporto “não acaba aqui”, garantiu o presidente da Câmara Municipal de Lisboa aos desportistas presentes, entre os quais o antigo campeão olímpico português Carlos Lopes.

O espetáculo contou com a presença de Paulo de Carvalho, e a atuação de grupos do movimento associativo de Lisboa, numa organização da CML em parceria com o Ginásio Clube Português.

Horas antes, no final da Corrida São Silvestre, o vereador do Desporto de Lisboa, Ângelo Pereira, entregou a bandeira da Capital Europeia do Desporto aos representantes de Haia, cidade capital em 2022.

Veja nesta página a cerimónia de encerramento na íntegra.

ler mais
ler menos