detalhe

Segurança 

Duarte Mendes é campeão do mundo do Aramco Firefighter Challenge

Duarte Mendes, do Regimento de Sapadores Bombeiros de Lisboa (RSB), sagrou-se campeão do mundo ao vencer o Aramco Firefighter Challenge, na categoria Toughest Firefighter Alive.

Duarte Mendes é campeão do mundo do Aramco Firefighter Challenge

Para o operacional do RSB, em representação de Portugal, que tinha já uma medalha de prata no seu escalão, na prova Mix Relay, a vitória na prova “demonstra que grandes coisas vêm do trabalho duro e perseverança, o sucesso pode vir tarde, mas aparece quando não se desiste”.

Na prova mais importante da competição realizada na Arábia Saudita, em desafios como: subida de escadas, transporte de pesos, corrida com mangueiras, entre outras, foram simuladas situações com as quais os bombeiros lidam diariamente no salvamento de pessoas e bens.

A esta vitória, junta-se a medalha conquistada na categoria Stair Run Challenge, no escalão 30-34 anos, por Rita Domingues, também do RSB, que encarou a conquista como uma "sensação única". A prova consiste em subir 13 andares, cada andar com quatro patamares de escadas, o que equivale a dois andares, no menor tempo possível.

A equipa de Portugal integrava quatro elementos: Rita Domingues e Duarte Mendes (RSB), Ruben Pereira (RSB Porto) e Diana Ferreira (Bombeiros de Paços de Sousa).

Para o operacional do RSB, em representação de Portugal, que tinha já uma medalha de prata no seu escalão, na prova Mix Relay, a vitória na prova “demonstra que grandes coisas vêm do trabalho duro e perseverança, o sucesso pode vir tarde, mas aparece quando não se desiste”.

Na prova mais importante da competição realizada na Arábia Saudita, em desafios como: subida de escadas, transporte de pesos, corrida com mangueiras, entre outras, foram simuladas situações com as quais os bombeiros lidam diariamente no salvamento de pessoas e bens.

A esta vitória, junta-se a medalha conquistada na categoria Stair Run Challenge, no escalão 30-34 anos, por Rita Domingues, também do RSB, que encarou a conquista como uma "sensação única". A prova consiste em subir 13 andares, cada andar com quatro patamares de escadas, o que equivale a dois andares, no menor tempo possível.

A equipa de Portugal integrava quatro elementos: Rita Domingues e Duarte Mendes (RSB), Ruben Pereira (RSB Porto) e Diana Ferreira (Bombeiros de Paços de Sousa).

ler mais
ler menos