COVID-19 Medidas e Informações

Ambiente

Informaçoes e Serviços

 

Dez novos compostores comunitários instalados em Lisboa

Cerca de 4 mil pessoas fazem atualmente compostagem de resíduos orgânicos em Lisboa. A cidade conta no total com 15 compostores comunitários

Compostor comunitário em Arroios

A partir de hoje, 22 de dezembro, há 10 novos compostores na cidade. Jardins municipais nas freguesias de Arroios, Marvila, Parque das Nações, Alcântara, Estrela, Avenidas Novas, Alvalade, Carnide, Benfica e São Domingos de Benfica, disponibilizam agora estes equipamentos, que produzem composto e permitem reduzir a quantidade de resíduos que acabam no lixo indiferenciado.

Para quem não tem espaço para um compostor doméstico, os compostores comunitários são a solução.

Os interessados, devem inscrever-se no site Lisboa a Compostar e participar num workshop sobre as regras de funcionamento. Recebem depois uma chave, que lhes dá acesso ao compostor, gerido pelos serviços de Higiene Urbana da autarquia, em colaboração com o Ambiente e Espaços Verdes, e as Juntas de Freguesia.

No final do processo, o composto é distribuído entre os participantes, e utilizado nos espaços verdes na cidade como fertilizante. Este é mais um passo para atingir as metas ambientais de redução dos resíduos produzidos e fomento da economia circular.

 

 

A partir de hoje, 22 de dezembro, há 10 novos compostores na cidade. Jardins municipais nas freguesias de Arroios, Marvila, Parque das Nações, Alcântara, Estrela, Avenidas Novas, Alvalade, Carnide, Benfica e São Domingos de Benfica, disponibilizam agora estes equipamentos, que produzem composto e permitem reduzir a quantidade de resíduos que acabam no lixo indiferenciado.

Para quem não tem espaço para um compostor doméstico, os compostores comunitários são a solução.

Os interessados, devem inscrever-se no site Lisboa a Compostar e participar num workshop sobre as regras de funcionamento. Recebem depois uma chave, que lhes dá acesso ao compostor, gerido pelos serviços de Higiene Urbana da autarquia, em colaboração com o Ambiente e Espaços Verdes, e as Juntas de Freguesia.

No final do processo, o composto é distribuído entre os participantes, e utilizado nos espaços verdes na cidade como fertilizante. Este é mais um passo para atingir as metas ambientais de redução dos resíduos produzidos e fomento da economia circular.

 

 

ler mais
ler menos