COVID-19 Medidas e Informações

detalhe

 

Concerto na Praça do Município saúda Presidente da República

A tomada de posse de Marcelo Rebelo de Sousa terminou em Lisboa com um concerto organizado pela Câmara Municipal na Praça do Município. No início Fernando Medina escutou, com o novo Presidente da República, o Hino Nacional na varanda dos Paços do Concelho, entoado pela fadista Mariza.


Na mesma varanda onde em 1910 foi proclamada a República, Fernando Medina e Marcelo Rebelo de Sousa escutaram pela inconfundível voz de Mariza o Hino Nacional, dando início a um concerto de homenagem ao novo Presidente da Republica, promovido pela Câmara Municipal de Lisboa. Um momento mágico, que foi acompanhado pelos vereadores da autarquia sob fortes aplausos do público. 

Minutos antes o presidente da Câmara Municipal recebeu Marcelo Rebelo de Sousa à entrada dos Paços do Concelho e com o novo Presidente da República descerrou uma placa alusiva à efeméride, seguindo-se a assinatura do Livro de Honra do município. 

A noite foi de festa, animada, e rodeados por trezentas crianças das escolas da freguesia de Santa Clara, os dois presidentes assistiram, a um concerto protagonizado por Mariza, Paulo de Carvalho, José Cid, HMB, Pedro Abrunhosa, Anselmo Ralph e Diogo Piçarra, vencedor de um concurso de talentos musicais. 

No final, com todos os artistas no palco, Fernando Medina ofereceu ao Presidente da República um Santo António e saudou-o pela sua posse. "Acho que entrou mesmo com o pé direito", afirmou o presidente da Câmara Municipal dirigindo-se a Marcelo Rebelo de Sousa, sublinhando que "o dia de hoje marca bem uma relação diferente que os portugueses querem com a política."   

"Foram vocês que fizeram a festa", salientou Medina num agradecimento dirigido às crianças e professores que as acompanharam. As crianças foram de resto alvo da atenção de todos, chegaram mesmo a dançar com euforia junto de Pedro Abrunhosa no palco e brilhavam ainda nos olhos do Presidente da República que, numa curta resposta aos jornalistas no final do concerto, frisou que a "a alegrias dos meninos" constituiu o seu principal motivo de satisfação.

Na mesma varanda onde em 1910 foi proclamada a República, Fernando Medina e Marcelo Rebelo de Sousa escutaram pela inconfundível voz de Mariza o Hino Nacional, dando início a um concerto de homenagem ao novo Presidente da Republica, promovido pela Câmara Municipal de Lisboa. Um momento mágico, que foi acompanhado pelos vereadores da autarquia sob fortes aplausos do público. 

Minutos antes o presidente da Câmara Municipal recebeu Marcelo Rebelo de Sousa à entrada dos Paços do Concelho e com o novo Presidente da República descerrou uma placa alusiva à efeméride, seguindo-se a assinatura do Livro de Honra do município. 

A noite foi de festa, animada, e rodeados por trezentas crianças das escolas da freguesia de Santa Clara, os dois presidentes assistiram, a um concerto protagonizado por Mariza, Paulo de Carvalho, José Cid, HMB, Pedro Abrunhosa, Anselmo Ralph e Diogo Piçarra, vencedor de um concurso de talentos musicais. 

No final, com todos os artistas no palco, Fernando Medina ofereceu ao Presidente da República um Santo António e saudou-o pela sua posse. "Acho que entrou mesmo com o pé direito", afirmou o presidente da Câmara Municipal dirigindo-se a Marcelo Rebelo de Sousa, sublinhando que "o dia de hoje marca bem uma relação diferente que os portugueses querem com a política."   

"Foram vocês que fizeram a festa", salientou Medina num agradecimento dirigido às crianças e professores que as acompanharam. As crianças foram de resto alvo da atenção de todos, chegaram mesmo a dançar com euforia junto de Pedro Abrunhosa no palco e brilhavam ainda nos olhos do Presidente da República que, numa curta resposta aos jornalistas no final do concerto, frisou que a "a alegrias dos meninos" constituiu o seu principal motivo de satisfação.

ler mais
ler menos