Aviso de mau tempo

detalhe

Direitos SociaisMobilidade 

Comércio local vai ter Selo de Acessibilidade Municipal

O novo Selo de Acessibilidade Municipal (SAM) irá reconhecer lojas do comércio local que garantam a acessibilidade de todas as pessoas. A iniciativa da Câmara de Lisboa promove soluções de acessibilidade para pessoas de mobilidade condicionada, e foi apresentada a 20 de outubro, Dia Nacional das Acessibilidades.

O novo Selo de Acessibilidade Municipal irá reconhecer lojas do comércio local que garantam a acessibilidade de todas as pessoas

A data foi assinalada com a colocação simbólica do Selo da Acessibilidade em três lojas da Avenida da Liberdade. “Pequenos detalhes mudam a vida das pessoas“, salientou Carlos Moedas, lançando o desafio para que estas lojas sejam as influenciadoras, e que chamem a atenção para uma maior adesão à colocação do SAM.

“Espero que, daqui a um ano, Lisboa seja a cidade da Acessibilidade”, afirmou o presidente da Câmara de Lisboa, numa palavra de agradecimento aos presidentes das juntas de freguesia, que têm uma “grande responsabilidade".

“Este é um bom dia para a cidade”, disse, agradecendo "às associações que todos os dias têm a energia para mudar, entre elas, a Associação Salvador e Associação Nuno Sobral, aqui presentes".

Lançado em outubro de 2023, este programa pretende consagrar a acessibilidade para todos nos estabelecimentos públicos da cidade de Lisboa. Ao mesmo tempo, promove o comércio local e a valorização dos seus esforços no domínio da acessibilidade universal.

Os estabelecimentos privados que, comprovadamente, cumpram os requisitos necessários, passam a estar identificados com um selo autocolante a ser afixado na sua porta/montra sendo, desta forma, reconhecidos como um espaço acessível a todos os cidadãos.

A data foi assinalada com a colocação simbólica do Selo da Acessibilidade em três lojas da Avenida da Liberdade. “Pequenos detalhes mudam a vida das pessoas“, salientou Carlos Moedas, lançando o desafio para que estas lojas sejam as influenciadoras, e que chamem a atenção para uma maior adesão à colocação do SAM.

“Espero que, daqui a um ano, Lisboa seja a cidade da Acessibilidade”, afirmou o presidente da Câmara de Lisboa, numa palavra de agradecimento aos presidentes das juntas de freguesia, que têm uma “grande responsabilidade".

“Este é um bom dia para a cidade”, disse, agradecendo "às associações que todos os dias têm a energia para mudar, entre elas, a Associação Salvador e Associação Nuno Sobral, aqui presentes".

Lançado em outubro de 2023, este programa pretende consagrar a acessibilidade para todos nos estabelecimentos públicos da cidade de Lisboa. Ao mesmo tempo, promove o comércio local e a valorização dos seus esforços no domínio da acessibilidade universal.

Os estabelecimentos privados que, comprovadamente, cumpram os requisitos necessários, passam a estar identificados com um selo autocolante a ser afixado na sua porta/montra sendo, desta forma, reconhecidos como um espaço acessível a todos os cidadãos.

ler mais
ler menos