detalhe

AmbienteSegurança 

Chuva está de regresso

Siga as recomendações da Proteção Civil de Lisboa


Previsão do Instituto Português do Mar e Atmosfera para o distrito de Lisboa.

Devido à aproximação da tempestade extratropical Danielle, prevê-se a ocorrência de precipitação persistente, pontualmente forte, ocasionalmente acompanhada de trovoada e vento forte, a partir da madrugada desta segunda-feira, 12 de setembro.

Siga as recomendações da Proteção Civil:

  • Garanta a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais, bem como ralos e canais de drenagem de quintais, varandas, caves e garagens e a limpeza de algerozes e caleiras
  • Fixe as estruturas soltas: andaimes, placards e outras estruturas suspensas
  • Não atravesse zonas inundadas, evite acidentes
  • Retire equipamentos, viaturas e outros bens de zonas normalmente inundáveis
  • Promova uma condução defensiva: reduza a velocidade, fique atento à formação de lençóis de água
  • Evite a circulação e permanência junto às zonas ribeirinhas e em áreas arborizadas, devido ao perigo de queda de ramos ou árvores

O Serviço Municipal de Proteção Civil de Lisboa, em estreita articulação com os Agentes de Proteção Civil e demais entidades, continuará a acompanhar o evoluir da situação.

Previsão do Instituto Português do Mar e Atmosfera para o distrito de Lisboa.

Devido à aproximação da tempestade extratropical Danielle, prevê-se a ocorrência de precipitação persistente, pontualmente forte, ocasionalmente acompanhada de trovoada e vento forte, a partir da madrugada desta segunda-feira, 12 de setembro.

Siga as recomendações da Proteção Civil:

  • Garanta a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais, bem como ralos e canais de drenagem de quintais, varandas, caves e garagens e a limpeza de algerozes e caleiras
  • Fixe as estruturas soltas: andaimes, placards e outras estruturas suspensas
  • Não atravesse zonas inundadas, evite acidentes
  • Retire equipamentos, viaturas e outros bens de zonas normalmente inundáveis
  • Promova uma condução defensiva: reduza a velocidade, fique atento à formação de lençóis de água
  • Evite a circulação e permanência junto às zonas ribeirinhas e em áreas arborizadas, devido ao perigo de queda de ramos ou árvores

O Serviço Municipal de Proteção Civil de Lisboa, em estreita articulação com os Agentes de Proteção Civil e demais entidades, continuará a acompanhar o evoluir da situação.

ler mais
ler menos