detalhe

Bem-Estar Animal 

Casa dos Animais de Lisboa no Pet Festival

Entre 26 e 28 de janeiro, a Casa dos Animais de Lisboa (CAL), está presente na 12ª edição do PET FESTIVAL – Festival da Família e dos Animais de Companhia, na FIL do Parque das Nações, a dinamizar ações de sensibilização e de prevenção ao abandono, regaste e adoção de animais. A funcionar desde 2013, a CAL tem como objetivo recolher, tratar e dar uma casa aos animais abandonados de Lisboa.

Casa dos Animais de Lisboa (CAL) no Pet Festival

A CAL, o centro de recolha de animais que pertence à Câmara Municipal de Lisboa, só em 2023 realizou perto de 20 mil consultas, tratamentos e exames e 1926 cirurgias, informações avançadas por Sofia Baptista, responsável pelo centro, referindo também que a média dos últimos seis anos de adoção de cães e gatos se situa nos 89,91%, uma percentagem que revela o empenho de uma equipa dedicada. Nesta feira estão presentes no Parque Pedagógico, um espaço dedicado à promoção de adoção de animais, sensibilização e educação sobre a problemática do abandono, com atividades dirigidas para a família e especialmente para os mais jovens, nos pavilhões 2 e 3 da FIL.      

Ana Machado, coordenadora do programa CED (captura-esterilização-devolução) do Município de Lisboa, apresentou no auditório do pavilhão 3, a metodologia, os principais desafios e vantagens do CED bem como os deveres dos cuidadores que colaboram com o programa.

Hoje, 27 de janeiro, decorre ainda uma palestra sobre "Medicina de abrigo – principais desafios" e amanhã, dia 28, às 17h será o dia dedicado à "Adoção responsável".

Para os mais jovens, no stand da CAL há sempre muita animação com os jogos Patrulha Bicho - prevenção ao abandono, resgate e adoção de animais.

A equipa cinotécnica de cães de resgate do Regimento de Sapadores Bombeiros de Lisboa marca também a sua presença no Pet Festival, no pavilhão 2 da FIL.   

 

 

A CAL, o centro de recolha de animais que pertence à Câmara Municipal de Lisboa, só em 2023 realizou perto de 20 mil consultas, tratamentos e exames e 1926 cirurgias, informações avançadas por Sofia Baptista, responsável pelo centro, referindo também que a média dos últimos seis anos de adoção de cães e gatos se situa nos 89,91%, uma percentagem que revela o empenho de uma equipa dedicada. Nesta feira estão presentes no Parque Pedagógico, um espaço dedicado à promoção de adoção de animais, sensibilização e educação sobre a problemática do abandono, com atividades dirigidas para a família e especialmente para os mais jovens, nos pavilhões 2 e 3 da FIL.      

Ana Machado, coordenadora do programa CED (captura-esterilização-devolução) do Município de Lisboa, apresentou no auditório do pavilhão 3, a metodologia, os principais desafios e vantagens do CED bem como os deveres dos cuidadores que colaboram com o programa.

Hoje, 27 de janeiro, decorre ainda uma palestra sobre "Medicina de abrigo – principais desafios" e amanhã, dia 28, às 17h será o dia dedicado à "Adoção responsável".

Para os mais jovens, no stand da CAL há sempre muita animação com os jogos Patrulha Bicho - prevenção ao abandono, resgate e adoção de animais.

A equipa cinotécnica de cães de resgate do Regimento de Sapadores Bombeiros de Lisboa marca também a sua presença no Pet Festival, no pavilhão 2 da FIL.   

 

 

ler mais
ler menos