COVID-19 Medidas e Informações

detalhe

Segurança 

Carlos Moedas quer uma Lisboa mais segura

Valorização das forças policiais, mais efetivos nas ruas, e reforço do policiamento comunitário e videovigilância, defendeu hoje Carlos Moedas, presidente da Câmara Municipal de Lisboa, durante uma visita ao comando da Polícia Municipal e ao Comando Metropolitano de Lisboa da Polícia de Segurança Pública.

Carlos Moedas, presidente da CML, e Paulo Caldas, comandante da PM - Sede da Polícia Municipal

Acompanhado do vereador Ângelo Pereira, o autarca manifestou ainda a intenção de reativar o Conselho Municipal de Segurança, para estar mais próximo das forças de segurança, e ajudar a construir, com “medidas políticas”, uma “Lisboa mais segura", onde cidadãos, comerciantes e turistas possam sentir essa segurança.

A segurança, sublinhou Carlos Moedas, é um dos principais ativos de Lisboa, e tem de ir mais além: “A segurança não é só a polícia. É também os espaços bem cuidados, as ruas, toda a envolvente” da cidade.

Os conselhos municipais de segurança visam, entre outros objetivos, o "aprofundamento do conhecimento da situação de segurança na área do município, através da consulta entre todas as entidades que o constituem", e a apresentação de "propostas de solução para os problemas de marginalidade e segurança dos cidadãos".

Acompanhado do vereador Ângelo Pereira, o autarca manifestou ainda a intenção de reativar o Conselho Municipal de Segurança, para estar mais próximo das forças de segurança, e ajudar a construir, com “medidas políticas”, uma “Lisboa mais segura", onde cidadãos, comerciantes e turistas possam sentir essa segurança.

A segurança, sublinhou Carlos Moedas, é um dos principais ativos de Lisboa, e tem de ir mais além: “A segurança não é só a polícia. É também os espaços bem cuidados, as ruas, toda a envolvente” da cidade.

Os conselhos municipais de segurança visam, entre outros objetivos, o "aprofundamento do conhecimento da situação de segurança na área do município, através da consulta entre todas as entidades que o constituem", e a apresentação de "propostas de solução para os problemas de marginalidade e segurança dos cidadãos".

ler mais
ler menos