COVID-19 Medidas e Informações

Cultura

 

Câmara lamenta profundamente morte do mestre da viola, Joel Pina

A Câmara Municipal de Lisboa lamenta a morte de Joel Pina, e envia à família e amigos as mais profundas condolências

Joel Pina - Teatro São Luiz

A poucos dias de celebrar 101 anos, com oito décadas de vida dedicadas à música, o professor e mestre da viola baixo faleceu esta quinta-feira, dia 11 de fevereiro.

Toda a vida de Joel Pina se confunde com a história do Fado. Nascido em Idanha-a-Nova, iniciou a formação musical em viola e guitarra, e, já em Lisboa, acabou por ser convidado a tocar na Adega Machado, onde conheceria Amália Rodrigues, por volta de 1950.

Acabaria por se tornar o guitarrista que mais tempo acompanhou Amália, tornando-se um dos embaixadores da música portuguesa, em Portugal e em todo o mundo, durante quase três décadas.

Na memória recente, fica o espetáculo de celebração do seu centenário, no passado mês de setembro, no São Luiz Teatro Municipal.

A poucos dias de celebrar 101 anos, com oito décadas de vida dedicadas à música, o professor e mestre da viola baixo faleceu esta quinta-feira, dia 11 de fevereiro.

Toda a vida de Joel Pina se confunde com a história do Fado. Nascido em Idanha-a-Nova, iniciou a formação musical em viola e guitarra, e, já em Lisboa, acabou por ser convidado a tocar na Adega Machado, onde conheceria Amália Rodrigues, por volta de 1950.

Acabaria por se tornar o guitarrista que mais tempo acompanhou Amália, tornando-se um dos embaixadores da música portuguesa, em Portugal e em todo o mundo, durante quase três décadas.

Na memória recente, fica o espetáculo de celebração do seu centenário, no passado mês de setembro, no São Luiz Teatro Municipal.

ler mais
ler menos