COVID-19 Medidas e Informações

Direitos Sociais

 

Apoio a jovens LGBTI vítimas de discriminação

Câmara de Lisboa disponibiliza apartamento para jovens entre os 16 e os 23 anos, vítimas de violência ou discriminação pela orientação sexual ou identidade de género.

Câmara de Lisboa cede apartamento de autonomização para jovens LGBTI vítimas de discriminação

Câmara e Associação Casa Qui, abrem o primeiro apartamento de autonomização para jovens LGBTI (Pessoas Lésbicas, Gays, Bissexuais, Trans e Intersexo), um "espaço seguro" para ajudar jovens na construção de um projeto de autonomia de vida.

A medida, integra o Plano Municipal LGBTI 2020-2021, aprovado dia 18 de dezembro pela Câmara Municipal de Lisboa. É o primeiro plano de âmbito municipal em Portugal, nesta área, e foi apresentado em conjunto com o Plano Municipal para a Igualdade de Género e o Plano Municipal de Combate e Prevenção à Violência Doméstica e de Género.

O protocolo de cedência de espaço foi celebrado hoje, dia 20 de dezembro, na Casa da Cidadania do Lumiar, com a presença da secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade, Rosa Monteiro, da vereadora da Habitação e Desenvolvimento Local, Paula Marques, e do vereador da Educação e Direitos Sociais, Manuel Grilo.

Câmara e Associação Casa Qui, abrem o primeiro apartamento de autonomização para jovens LGBTI (Pessoas Lésbicas, Gays, Bissexuais, Trans e Intersexo), um "espaço seguro" para ajudar jovens na construção de um projeto de autonomia de vida.

A medida, integra o Plano Municipal LGBTI 2020-2021, aprovado dia 18 de dezembro pela Câmara Municipal de Lisboa. É o primeiro plano de âmbito municipal em Portugal, nesta área, e foi apresentado em conjunto com o Plano Municipal para a Igualdade de Género e o Plano Municipal de Combate e Prevenção à Violência Doméstica e de Género.

O protocolo de cedência de espaço foi celebrado hoje, dia 20 de dezembro, na Casa da Cidadania do Lumiar, com a presença da secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade, Rosa Monteiro, da vereadora da Habitação e Desenvolvimento Local, Paula Marques, e do vereador da Educação e Direitos Sociais, Manuel Grilo.

ler mais
ler menos