detalhe

Bem-Estar Animal 

Águia-imperial-ibérica recupera no LX CRAS e é libertada

É uma das espécies mais ameaçadas em Portugal, e voa agora livremente no seu habitat, após uma recuperação de três meses do estado de grande debilidade com que deu entrada no Centro de Recuperação de Animais Silvestres da CML.


Foi resgatada no Alentejo e, depois de examinada, foi tratada pela equipa multidisciplinar do centro, em estreita colaboração com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF).

No regresso à natureza, os seus movimentos serão monitorizados através de um emissor cedido pelo ICNF / Wildscapes.

A águia-imperial-ibérica (Aquila adalberti) é uma espécie criticamente em perigo em Portugal, sendo este o quarto exemplar recuperado com sucesso no Centro de Recuperação de Animais Silvestres (CRAS).

O CRAS é um equipamento municipal vocacionado para a recolha, tratamento e devolução à natureza de animais pertencentes à fauna autóctone portuguesa.

Foi resgatada no Alentejo e, depois de examinada, foi tratada pela equipa multidisciplinar do centro, em estreita colaboração com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF).

No regresso à natureza, os seus movimentos serão monitorizados através de um emissor cedido pelo ICNF / Wildscapes.

A águia-imperial-ibérica (Aquila adalberti) é uma espécie criticamente em perigo em Portugal, sendo este o quarto exemplar recuperado com sucesso no Centro de Recuperação de Animais Silvestres (CRAS).

O CRAS é um equipamento municipal vocacionado para a recolha, tratamento e devolução à natureza de animais pertencentes à fauna autóctone portuguesa.

ler mais
ler menos