COVID-19 Medidas e Informações

detalhe

“Enquanto tento fundir-me”, por Maria Varbanova - Dança

20h30 [m/6]


Entrar em contato com uma fonte insondável, suportada pelo espaço aparentemente vazio. O espaço vazio contém uma abundância, feita de todos os imaginários, como evocações, como memórias, os espaços, os tempos, presente, passado e futuro. O espaço vazio é a nossa matéria comum: é minha, é do espectador e de todas as pessoas e presenças que carregamos connosco. O espaço vazio é a matriz, o potencial de onde surgem todas as formas. É um terreno de epifanias latentes. Com o narrador de Água Viva, de Clarice Lispector, investigo o momento de emergência das formas / linguagem / dança, enquanto emissários da matriz de onde surgem. Eles aparecem e desfazem-se e redefinem-se continuamente, para deixar aparecer a sua essência.

Este solo procura manter-se no momento de emergência das formas. Situa-se depois da dissolução instante anterior, e antes da emergência do instante seguinte. Entre estes dois momentos, existe uma fenda no tempo, que escapa ao nosso controle consciente e impossibilita a definição da nossa experiência. É um hiato que permite a renovação da nossa perceção.

Construir ferramentas, incessantemente, para deixar de conhecer o meu corpo e o seu ambiente, e consegui-lo pela primeira vez, em cada momento, como uma imensidão de possibilidades. A profusão invisível toma corpo e depois torna-se de novo irreconhecível. Situo aqui a minha busca da Dança.

Equipa Artística e Técnica
Criação e interpretação:
Maria Varbanova Aconselhamento artístico: Helena Martos Ramirez Aconselhamento dramaturgia: Filipe Pereira Fotografia: Gonçalo Fernandes Figurinos: Paula Geleia (corte e confeção) e Joana Leal (pintura sobre tecido) Desenho e técnica de luz: Joana Mário Rodrigues Apoios:
Câmara Municipal de Lisboa / Polo Cultural Gaivotas | Boavista, Fundação Calouste Gulbenkian, República Portuguesa – Cultura / Direção-Geral das Artes Apoio com residência: CAPa DeVIR, Estúdios Victor Córdon, Companhia Olga Roriz Apoio com espaço de ensaio: Biblioteca de Marvila Apoio à produção: Chão de Oliva

No atual contexto de pandemia execute as medidas concretas para a segurança de todos e para cumprimento das regras de distanciamento físico.
Cumpra as condições de visita aos espaços.


Os eventos publicados estão sujeitos a alteração. Recomendamos que confirme com as entidades promotoras se estes vão ocorrer.