Destaques

Partilhamos o nosso contributo na Campanha da Organização Mundial de Saúde (OMS) para construir um mundo mais justo e saudável!

À conversa com:
Cristina Pinho, Jorge Barroso Dias, Raquel Barnabé e Sofia André sobre o compromisso do Departamento de Saúde, Higiene e Segurança na melhoria das condições de trabalho, saúde e bem-estar.

Faça parte: acompanhe as nossas iniciativas e escolha, de forma informada, as que melhor servem!

Informações:
DMRH | Departamento de Saúde, Higiene e Segurança
 218 170 500
 100bem@cm-lisboa.pt

Para assinalar o Dia Mundial do Sono, decorreu no passado dia 16 de março uma sessão online sobre o “Sono e Trabalho”, dinamizada Dra. Paula Rosa, pneumologista e médica do trabalho do Departamento de Saúde, Higiene e Segurança.

Assista à gravação deste evento e durma bem pela sua saúde!

Informações:
DMRH | Departamento de Saúde, Higiene e Segurança
218 170 500
100bem@cm-lisboa.pt

Sabe-se hoje, que a obesidade é dos principais fatores de risco para a gravidade na infeção por SARS-CoV-2. Também é reconhecido que a COVID-19 afeta com maior gravidade pessoas com outras doenças crónicas, como a diabetes e a hipertensão arterial. É por isso fundamental ter uma alimentação saudável para melhoria destas patologias.

Assista à conversa das nossas nutricionistas, Florbela Mendes e Ana Almeida, e conheça os truques para uma alimentação mais saudável.

Caso preciso de apoio, contacte a Equipa de Nutrição e marque consulta através do e-mail dmrh.dshs.nutricao@cm-lisboa.pt.

Saiba mais sobre o guia dos 10 passos

Contactos
 DMRH/ Departamento de Saúde, Higiene e Segurança
 218 170 500
 dmrh.dshs.nutricao@cm-lisboa.pt


Perguntas Frequentes – COVID-19

Covid-19-Cuidados a ter em casa e no trabalho

Mostrar todas as respostas
Esconder todas as respostas
  • Quando deve colocar a máscara quando saio de casa?

    O uso da máscara é obrigatório e fundamental.

     - Coloque ou use sempre a máscara desde o momento que sai de casa para trabalhar ou tratar de assuntos de caráter urgente. O uso de máscara é uma medida adicional de proteção, a par do distanciamento físico, da higiene das mãos e da etiqueta respiratória.

    - Garanta que coloca e remove a máscara em segurança, lavando ou desinfetando sempre as mãos antes e depois de colocar a mesma.

    Que cuidados deve ter sempre que usar os transportes públicos?

    Sempre que vai viajar em transportes públicos:

    - use sempre máscara;

    - desinfete  as suas mãos com uma solução à base de álcool ou lavar as mãos assim que possível;

    - garanta uma distância mínima das outras pessoas;

    - posicione-se costas com costas face a outras pessoas sempre que possível;

    - vire a cara para o lado, se alguém estiver a tossir à sua frente e peça à pessoa que está a tossir que o faça para um lenço ou para o braço;

    - Se o transporte estiver lotado deve, sempre que possível, aguarde pelo próximo.

  • Em contexto de trabalho, em que situações, deve usar a máscara?

    - Sempre que estiver em ambiente interior, independentemente de conseguir manter a distância de segurança entre colegas, seja no seu local de trabalho, seja nos espaços comuns (espaços de circulação, elevadores, escadas, vestiários, salas de reunião, sempre que tenha o sistema de climatização ligado);

    - Sempre que estiver em ambiente exterior e não consiga manter a distância de segurança entre colegas e transeuntes;

    - Sempre que utilizar viatura municipal, mesmo que seja o único ocupante da mesma,

  • Qual a máscara que deve usar no seu local de trabalho?

    Utilize, preferencialmente, a máscara reutilizável da CML, que tem proteção nível II (cuja filtração é superior a 95% e podem ser reutilizadas 50 vezes e lavadas a 60 graus) a não ser que tenha indicação, para a atividade em causa, para usar outro tipo de máscara, devidamente prevista no cartaz de EPI’s.

  • Que cuidados deve ter no seu local de trabalho?

    - Para além do uso de máscara, mantenha sempre que possível a distância de segurança, de pelo menos dois metros, entre colegas/postos de trabalho;

    - Nos postos de trabalho opte por ficar na posição diagonal ou de costas com costas, em vez de frente a frente ou lado a lado;

    - Minimize o contacto entre colegas e reduza ao estritamente necessário o contacto presencial e a realização de reuniões, privilegiando os atuais meios digitais disponíveis, tais como, telefone, e-mail, videoconferência (Teams), aplicativos de mensagens (WhatsApp), entre outros;

    - Mantenha o local/posto de trabalho limpo e arrumado e reforce a higienização das superfícies de trabalho, antes de iniciar e no final do trabalho;

    - Abra sempre que possível, as janelas (pelo menos duas vezes por dia), assim como, as portas das salas de trabalho, para garantir que o local esteja bem arejado e ventilado.

  • Que cuidado pessoal deve ter no seu local de trabalho?

    - Não cumprimente os colegas de trabalho com aperto de mão ou beijo na face ou encostar mão com mão;

    - Cumpra sempre as regras de etiqueta respiratória. Por exemplo, sempre que espirrar ou tossir, deve fazê-lo para o interior do cotovelo (mesmo com máscara);

    - Reforce a higienização frequente das mãos, com água e sabão líquido ou através de utilização de solução antisséptica de base alcoólica (gel desinfetante) sempre que:

     a) chegar à instalação e antes de sair da mesma;

    b)  durante a sua atividade de trabalho;

    c)  antes de comer ou fumar;

    d) antes de colocar e retirar a máscara;

    e) antes e depois de tocar em superfícies/equipamentos de uso comum (elevador);

    d)  entre outros.

  • Que cuidados deve ter com os equipamentos de trabalho?

    - Evite, sempre que possível, a partilha de equipamentos de trabalho que possam ser individualizados (ex. canetas, lápis, papel, agrafador, furador, cola, fita-cola, entre outros);

    - Se existir necessidade de partilha de equipamentos, higienize as mãos antes e depois de tocar nos equipamentos e higienize os equipamentos depois de utilização (ex. telefone, máquina fotocopiadora).

  • Que cuidados deve ter no manuseamento de papel/documentos?

    - Os papéis provenientes do exterior (utentes, p.e.) podem, se forem mesmo necessários no próprio dia, ser manuseados com luvas e/ou recorrendo a lavagem das mãos frequente sem nunca tocar noutros objetos pessoais e/ou equipamentos de trabalho;

    - Sempre que possível, os documentos devem ficar 24 horas sem ser manuseados (aquando da receção);

    - Lave frequentemente as mãos com água e sabão, nomeadamente, antes e depois de manipular qualquer documento, pasta, papel, ou em alternativa desinfete através de uma solução de álcool gel (gel desinfetante), evitando sempre o contacto das mãos com olhos, boca ou nariz;

    - Promova rotinas de organização e limpeza do espaço de trabalho, tal como evitar a acumulação de documentação não necessária em cima da secretária, arquivando ou guardando sempre que possível dentro de um armário.

  • Como devo desinfetar tablets, smartphones e computadores/portáteis?

    Limpe frequentemente os ecrãs e os teclados, de preferência com toalhetes de limpeza e desinfeção rápida à base de álcool ou outro desinfetante com ação contra o vírus.

  • Que cuidados deve ter nos espaços de refeição (refeitórios, copas, …)?

      - Higienize as mãos antes e depois de utilizar o micro-ondas;

      - Retire a máscara apenas quando estiver sentado e pronto para iniciar a refeição;

      - Sente-se nos locais indicados, ou seja, optar por lugares na diagonal e não frente a frente;

       - Não partilhe utensílios (galheteiros, jarros de águas, talheres, copos…),

  • Que cuidados deve adotar nas instalações sanitárias no meu local de trabalho?

    - Os secadores de mãos devem estar desligados e/ou não devem ser utilizados;

    - Faça a descarga do autoclismo com a tampa da sanita para baixo, por causa das partículas que podem ser aerotransportadas para outras zonas, nomeadamente, inaladas;

    - Use um lenço descartável e após utilização descarte-o para o lixo e lave as mãos/ ou desinfete sempre que tocar nas zonas comuns (maçanetas, interruptores, torneiras, botão do autoclismo, tampa da sanita, etc.).

  • Mais informação

    - Para saber mais sobre esta matéria referente à COVID-19 consulte o seguinte link: https://covid19.min-saude.pt/category/perguntas-frequentes/

    - Para saber mais sobre legislação compilada referente à COVID-19 consulte o seguinte link: https://dre.pt/legislacao-covid-19

Covid-19-Em caso de sintomas de de Covid-19

Mostrar todas as respostas
Esconder todas as respostas
  • O que deve fazer em caso de sintomas de COVID-19?

    - Antes de se deslocar para o local de trabalho, realize a autovigilância de sintomas, tal como medir a sua temperatura, ou seja, se sentir algum sintoma relacionado com a doença COVID-19, não deve sair de casa/ir trabalhar e deve contactar a Linha Saúde 24 (808 24 24 24);

    - Caso tenha sintomas relacionados com COVID-19 ou caso tenha estado em contacto com alguém infetado, informe imediatamente o seu serviço ou o Departamento de Saúde, Higiene e Segurança, através do e-mail: dmrh.dshs.mt@cm-lisboa.pt, informando a sua situação, identificando o seu nome completo e contacto telefónico;

    - Para além da sua situação ser seguida pelo SNS, será também seguido pelo médico do DSHS que irá estabelecer recomendações;

    - Caso se confirme estar infetado com COVID-19, informe os colegas com quem esteve em contacto nas 48 horas antes;

    - Da realização do teste, caso não tenha sintomas;

    - Do início dos sintomas, caso tenha sintomas.

  • Quais são os sinais/sintomas a que deve estar atento?

    Os sintomas mais frequentes associados à infeção pela COVID-19 são:

    - febre (temperatura ≥ 38.0ºC) sem outra causa atribuível;

    - início de tosse, ou agravamento do padrão habitual de tosse, ou associada a dores de cabeça ou dores generalizadas do corpo;

    - dificuldade respiratória/dispneia, sem outra causa atribuível;

    - perda total ou parcial do olfato (anosmia), enfraquecimento do paladar, perturbação ou diminuição do paladar de início súbito.

    Em caso de dúvida, contacte sempre a Linha Saúde 24 (808 24 24 24).

  • Qual a documentação que deve enviar para o Serviço no caso de estar infetado com a COVID-19 ou no caso de ter estado em contacto com caso positivo?

    - Caso tenha estado em contacto com pessoa infetada envie a declaração provisória emitida pelo SNS 24 e posteriormente a declaração de isolamento profilático emitida pelo delegado de saúde;

    - Caso tenha infeção confirmada por COVID-19, envie a baixa por doença natural - Decreto Lei n.º 2-B/2020, emitida pelo médico de família de acordo com o formulário adequado ao regime de proteção social aplicável (Segurança Social ou CGA).

  • O que deve apresentar para voltar ao trabalho?

    Só regressará ao trabalho após avaliação telefónica, do médico do trabalho do DSHS, em que seja considerado apto na ficha de aptidão.

  • Se for positivo que cuidados deve ter em casa quando se encontra em isolamento?

    Os cuidados essenciais que deve ter, durante o período de isolamento, geralmente com a duração de 10 dias, são os seguintes:

    - permaneça em casa, não realizando deslocações para o trabalho, espaços públicos ou qualquer outro local;

    - permaneça sempre que possível, sozinho na sua habitação durante o isolamento.

  • No caso de não ser possível permanecer sozinho na sua habitação, deve:

     - Permanecer separado das outras pessoas, numa divisão ventilada e confortável, se possível com uma janela para o exterior. A porta deve permanecer sempre fechada;

    - Evite as saídas do quarto, fazendo-o apenas em situações de extrema necessidade;

    -  Utilize uma casa de banho diferente das restantes pessoas ou caso tal não seja possível desinfete a mesma após a utilização;

    - Evite a partilha de alimentos e qualquer objeto pessoal ou doméstico, incluindo objetos tecnológicos, como telemóveis, computadores ou auscultadores.

Covid-19-Linha de apoio psicológico e nutricional

Mostrar todas as respostas
Esconder todas as respostas
  • Face à situação pandémica é normal sentir-me ansioso(a) e/ou preocupado(a)?

    Em momentos de crise, como este, é normal sentirmo-nos ansiosos.

    A ansiedade também tem uma parte boa e útil que podemos usar a nosso favor e que contribui para adotarmos comportamentos pró-sociais e pró-saúde que, neste momento, são fundamentais para nos manter, a nós e aos outros, em segurança e saudáveis.

    Por isso:

    - Faça o que mais gosta e lhe dá prazer, adote um estilo de vida saudável, no que diz respeito a padrões de alimentação, sono e atividade física, partilhe com alguém o que está a sentir e como está a experienciar esta situação e desfrute das suas relações familiares e de amigos;

    - Se os seus sentimentos de inquietação forem excessivos e persistentes, se se sentir completamente sobrecarregado e desgastado pelos sentimentos de ansiedade, se se sentir ansioso durante longos períodos de tempo, se a ansiedade o estiver a impedir de funcionar e fazer a sua rotina diária, de trabalhar, se sentir que está a ficar sem controlo, procure ajuda de um psicólogo;

    - Caso precise de apoio psicológico, ligue para a linha de apoio psicológico do DSHS, através do 21 817 0024, ou envie um e-mail para dmrh.dshs.psicologia@cm-lisboa.pt.

  • Em contexto atual de pandemia deve ou não alterar os seus hábitos alimentares?

    Sabe-se hoje, que a obesidade é dos principais fatores de risco para a gravidade na infeção por SARS-CoV-2. Também é reconhecido que a COVID-19 afeta com maior gravidade pessoas com outras doenças crónicas, como a diabetes e a hipertensão arterial.

    Por isso:

    - Faça uma alimentação saudável para melhoria destas patologias;

    - Caso precise de apoio, contacte a Equipa de Nutrição do DSHS e marque consulta através do 218 170 500 ou do e-mail: dmrh.dshs.nutricao@cm-lisboa.pt.


Dádiva de Sangue Urgente

Face à diminuição significativa das dádivas de sangue em tempos de pandemia, apelamos a todos os trabalhadores e seus familiares, nomeadamente, aos mais jovens a doarem sangue. A dádiva de sangue está prevista nas exceções ao confinamento.

Para ser dador de sangue basta ter mais de 18 anos, mais de 50kg e ser saudável.

Local de recolha de sangue
Centro de Sangue e da Transplantação de Lisboa | Área Funcional do Sangue
Parque de Saúde de Lisboa, Av. do Brasil, n.º 53 – Pav. 17, Lisboa
Horário de atendimento
De segunda-feira a sábado das 8h00 às 19h30 (Não encerra à hora de almoço)

Em todas as recolhas de sangue estão a ser rigorosamente adotadas as regras que garantem a segurança dos dadores, cumprindo-se as regras da Direção-Geral da Saúde.

Dê Sangue. Ajude a vencer a vida.

PARA MAIS INFORMAÇÕES CONTACTE:
Centro de Sangue e Transplantação de Lisboa
217 921 049 das 08h00 às 16h00
217 921 000 das 16h00 às 00h00, a marcação será realizada no dia seguinte.


Saúde, Higiene e Segurança

O DSHS tem vindo progressivamente a retomar a atividade presencial, nos vários postos médicos, adotando novos procedimentos, com vista a garantir a segurança de todos os trabalhadores.

Em caso de dúvidas ou mais esclarecimentos:
 dmrh.dshs.mt@cm-lisboa.pt

Continuamos aqui para si, do outro lado da linha. Se precisar fale connosco.

 das 9h às 18h

  • Saúde e Segurança do Trabalho - 218 170 500 ( saúde / segurança / nutrição )
  • Psicologia - 218 170 024 ( alternativa às sessões presenciais )
  • Serviço Social Em Linha - 218 170 100 ( atendimento social aos trabalhadores e familiares )
  • Atendimento - dmrh.dshs@cm-lisboa.pt

Refeitórios municipais

  • Alexandre Herculano        
  • Boavista        
  • Cemitério da Ajuda        
  • Cemitério do Alto S. João    
  • Cemitério dos Olivais    
  • Olivais 2    
  • Parque Monsanto

Os aposentados podem levantar as refeições nos refeitórios municipais entre as 11h30 e as 12h00.

O preço da refeição mantém o valor de € 2,05.